Kristallwelten – Ocupação temporária

Como qualquer museu que se preze, o Gigante aloja exposições temporárias que permitem que não apenas estruturalmente, mas também conjunturalmente hajam alterações no espaço. Assim o Gigante não perde o interesse mesmo para quem já o conhece e visita com alguma assiduidade.

Uma mostra do que por lá passou quando o Gigante convidou a Russia, a India e o Brasil como moradores temporários.

Uma Rússia com uma Matrioska romântica e quadros apelativos e apetitosos;

Uma Índia sugestiva, mística, imponente e populosa;

Um Brasil onde as chuteiras ou sapatilhas recordam o quanto o Futebol por lá é o desporto rei, os Grafites de S.Paulo da autoria de Rafael Calazan Pierri relembram com toda a sua cor, a irreverencia, descontracção e alegria de um povo e as indumentárias do Carnaval rei no Rio de Janeiro não deixam descurar a importância do Samba como forma de encarar a vida no país.

One thought on “Kristallwelten – Ocupação temporária

  1. eu por acaso gostava de saber o que é que a Rússia tem a ver com salame…já que os dois pratos parecem abusar do dito…enfim o primeiro prato até parece um Kandisky portanto até percebo a semelhança…ou melhor, não, de facto não percebo…
    mas o que eu gosto mesmo é o colorido do Brasil.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s