Cerca de uma semana depois…

Hoje começo o relato de umas férias há muito aguardadas, para um destino associado a uma época especial bastante ambicionado.

O facto de este ano a semana de Carnaval ter coincidido, já em Março, reuniu as condições ideais para finalmente ficar a conhecer o Carnaval de Veneza, e não só.

Estas férias começaram já durante o período de Carnaval, no dia 5 de Março e envolveram um longo percurso de automóvel até ao destino final, Veneza.

O ponto de partida foi na Baviera, mas atendendo ao congestionamento de transito na autoestrada, a viagem em território alemão , não primou pela rapidez, aproveitando a ausência de limite de velocidade. Em território alemão o percurso foi turístico,  entre estradas nacionais e secundárias, revisitando a paisagem de algumas das estâncias de esqui, abordadas anteriormente neste espaço. A primeira linha da compilação de fotos reflecte esta parte do percurso, por Alpes alemães.

O percurso por auto-estrada começou já perto da fronteira Austríaca com a Alemanha (na A93 perto de Oberaudorf), mas a paisagem Alpina persistiu, tal como a segunda linha da compilação de fotos transmite.

Com a entrada em território italiano, a paisagem circundante altera-se gradualmente, e são os vestígios de castelos  em lugares aparentemente inacessíveis que mais despertam a minha atenção e interesse, como se pode constatar pelas duas linhas seguintes da compilação de fotos.

Ao fim do dia com a chegada a Tronchetto, em Veneza, é o Ferry-boat a atracção principal, afinal a sua chegada era aguardada ansiosamente ao permitir efectuar a ultima parte do percurso, que é no Lido de Veneza, onde optei por escolher o Hotel durante a estadia em território veneziano. (A referencia a esta ultima parte do percurso é revelada na ultima linha da compilação de fotos).

A escolha do Hotel nesta estância de veraneio, a ilha do Lido de Veneza, prendeu-se essencialmente por procurar estar próxima do Centro de Veneza, mas suficientemente afastada para que as noites fossem serenas sem eventuais efeitos da folia carnavalesca. Afinal quando se tem por companhia habitual um turista de palmo e meio, é importante preservar um sono descansado e um ambiente pacífico em alturas cruciais…

O Viktoria Palace Hotel para mim revelou-se uma aposta ganha, pois reuniu as condições pretendidas e mais umas quantas inesperadas (como localização privilegiada na primeira linha da ilha, com vista directa para a ilha principal de Veneza, e um jardim interior espaçoso que permitia momentos relaxantes e descontraídos) .

3 thoughts on “Cerca de uma semana depois…

    • Passei pelo espaço onde se realiza o Festival de Veneza, no Lido e se fosse agora o Festival, tinham que arranjar instalações alternativas… porque o edifício está em obras profundas, e a área coberta por painéis para vedar completamente a passagem e que impedem vislumbrar sequer o edifício.

      Talvez se a minha estadia fosse durante o Festival a minha escolha do hotel fosse outra😉

      Beijinhos

  1. Ainda bem que já começaste o tema!
    Já estava a ficar ansiosa!
    Não há dúvida q é fantástico. Das coisas que mais gostei foi da simpatia das pessoas mascaradas que se deixavam fotografar e faziam pose. Magnífico!
    Beijinhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s