Palácio Schwerin

Depois de ter visto as primeiras imagens do Palácio de Schwerin, fiquei com uma vontade irresistível de o visitar.

A relativa proximidade entre Berlim e Schwerin, tornou possível concretizar esse desejo. Reforço a noção de relativa proximidade , pois entre as capitais dos dois Estados distam cerca de 209 km (duas horas de viagem). Schwerin localiza-se a noroeste de Berlim. Em termos relativos localiza-se a cerca 113 km e a uma hora de Hamburgo, outra capital de Estado.

Schwerin é a capital do Estado Alemão de Mecklemburgo-Pomerânia Ocidental. Talvez seja mais um caso de aparente capital de estado inusitada, pois para muitos a cidade de Rostock é muito mais conhecida.

Mas o que tem de especial este Palácio para ter cativado de forma irresistível o meu interesse? Sem dúvida a sua arquitectura digna de uma autentico conto de fadas. Para muitos é conhecido e considerado inclusivamente como o Neuschwantein do Norte, o que por si só é motivo suficiente para ter despertado a minha curiosidade. Por outro lado a sua localização contribui para um cenário deveras encantador, afinal encontra-se numa ilha no meio de um Lago com o mesmo nome (Lago Schwerin), sendo uma ponte que une a ilha à cidade.

Se clicarem na imagem anterior e a aumentarem, conseguem ler um pouco (em inglês) acerca da história deste Palácio e das componentes associadas ao mesmo (como os jardins). Este site também dá a conhecer um pouco mais acerca do local.

É neste Palácio que se encontra o Parlamento do Estado de Mecklemburgo-Pomerânia Ocidental, pelo que uma parte do Palácio está vedada a visita aos turistas.

Dessa zona apenas pude vislumbrar a escadaria em caracol, que do ponto de vista do exterior, encontra-se na torre principal do Palácio.

O interior do Palácio é deveras interessante mas a este nível em termos de sumptuosidade e riqueza fica bastante aquém daquele ao qual é comparado. Pelo menos foi essa a impressão imediata com que fiquei. A principal vantagem é que neste pude fotografar sem qualquer restrição o seu interior (no de Neuschanstein tal é expressamente proibido).

Esta é uma compilação de imagens da sua sala principal, a sala do trono. Destaco a sala em si, mas também os pormenores de alto relevo da porta principal de acesso, que assinalam os princípios/pilares que devem ser respeitados: verdade, integridade, legalidade, virtuosidade, pureza, honra (tradução livre minha, alvo de objecção).

Mas no Palácio há  outras divisões acessíveis ao turista e que merecem igualmente ser visitadas.

A salão onde estão expostas as armas também merece destaque, mas como eu não sou seduzida por “artilharia”, foi o vitral do salão e o quadro multi-quadros que mais despertaram a minha atenção e que me deixaram hipnotizada a admira-los.

Dizem as lendas  que o Palácio Schwerin  é assombrado por um pequeno fantasma chamado Petermännchen. Petermännchen é um espírito amigável, vestido com roupas do século XVII e transporta consigo vários conjuntos de chaves. Esse fantasma vagueia pelos corredores subterrâneos, desbloqueando portas, e protegendo contra qualquer intruso.

Estas são alusões à lenda e ao Fantasma Petermännchen, encontradas no interior e no exterior do Palácio. (Ampliando a imagem encontra um pouco mais acerca da lenda e suas origens).

O saldo desta visita a Schwerin foi francamente positivo, mesmo tendo-me limitado a visitar o Palácio e paisagem adjacente. Sem dúvida que Schwerin tem muitos outros locais que merecerão igualmente uma visita (o site de turismo assim o evidencia), mas quando o tempo é limitado tem que se fazer opções, e optei pelo ex-libris dos ex-libris da cidade…

Anúncios

5 thoughts on “Palácio Schwerin

  1. Olá querida amiga, que fotos lindas!! O castelo é fantástico. Nao é à toa que ele é conhecido como o “Neuschwanstein de Mecklenburg”. Descriçao perfeita, tudo maravilhoso. Adoro suas descriçoes! Novamente, meus parabéns!!!
    Um grande abraço e obrigada pelo incrível passeio pelo Palácio! Tenha um ótimo domingo.

  2. Mecklemburgo-Pomerânia Ocidental? Não se percebe realmente a designação dos estados alemães, nem realmente a sua organização (combinação de cidades-estado como Hamburgo ou Berlim e outros maiores ou menores em termos de território)…mas este soa a “mescla de romãs” (pomegranates como diria o Herman)

    As fotos estão fantásticas, especialmente a escada em caracol – imponente.
    E quanto ao Petermännchen, terá ele também no seu molho a chave que abre o financiamento europeu a Portugal…ou melhor ainda que desbloquea o cadeado no futuro económico que o país vive?

    Mas coisas alegres…realmente já não se fazem edifícios assim, e o futuro começa realmente por admirar o que se fez no passado

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s