A Rosa Branca…

As rosas brancas são vulgarmente interpretadas como símbolos de amor a Deus, de pensamento abstracto, pureza, silencio, virgindade e paz.

Mas não é propriamente de flores como as rosas brancas que este artigo pretende falar.

Este artigo pretende sim falar de um grupo alemão denominado de Rosa Branca, ou mais propriamente, Weiße Rose (em alemão). Um grupo formado durante a Alemanha Nazi.

A ditadura do Nacional Socialismo e a II Guerra Mundial teve um grande impacto negativo para a LMU (Ludwig Maximilians Universität) de Munique: Professores Judeus e politicamente inaceitáveis foram despedidos, e estudantes viram a sua carreira académica interrompida. A 10 de Maio de 1933 a infame queima de livros em Königsplatz, uma praça próxima da universidade, ofereceu um vislumbre do terror dos dias que se avizinhavam. Essa queimada foi em grande parte organizada pelos alunos da União de Estudantes Alemães (Deutscher Studentenbund).

O grupo Weiße Rose tinha fins não violentos e consistia numa resistência intelectual. Era constituido por estudantes da Universidade de Munique e pelo seu professor de Filosofia, Kurt Huber.

Entre os estudantes encontram-se Hans Scholl, e a sua irmã Sophie Scholl, Alex Schmorell, Willi Graf, Christoph Probst, Traute Lafrenz, Katharina Schueddekopf, Lieselotte (Lilo) Berndl, Jurgen Wittenstein, Marie-Luise Jahn e Falk Harnack.

O grupo tornou-se conhecido por um folheto de campanha anónimo, que publicaram entre Junho de 1942 e Fevereiro de 1943, que pedia uma oposição activa ao regime do ditador Adolf  Hitler.

Os seus 6 membros principais foram presos pela Gestapo (polícia secreta alemã) e foram executados por decapitacao em 1943. O texto do seu sexto manifesto foi contrabandeado por  Helmuth James Graf von Moltke para fora da Alemanha através da Escandinávia até ao Reino Unido e em Julho de 1943 cópias do mesmo foram atiradas sobre a Alemanha por aviões Aliados, re-intitulado de “Manifesto dos Estudantes de Munique”.

Actualmente os membros da Rosa Branca são honrados na Alemanha entre os seus grandes heróis, uma vez que se opuseram ao Terceiro Reich, enfrentando a morte.

Os sete estudantes e o seu professor, todos executados são recordados na Geschwister-Scholl-Platz  (Praça Irmãos Scholl) em frente ao edifício principal da Universidade, na Professor-Huber-Platz (Praça Professor Huber) em frente ao edifício da Faculdade de Direito, e no nome das estradas do zona universitária em Freimann.

Em 1997 o memorial Gedenkstätte Weiße Rose no átrio do edifício principal foi dedicado pelo Presidente alemão Roman Herzog e desde então tem servido para comemorar o grupo de resistência.

Uma curiosidade: O nome do grupo “A Rosa Branca” pode ter tido a sua origem no romance “Die Weiße Rose”, publicado em Berlim em 1929 e escrito por B. Traven, o autor alemao de “O tesouro da Serra Madre”, uma vez que há a hipótese de Hans Scholl e Alex Schmorel terem lido esse romance. Esse romance foi banido pelos Nazis em 1933. O  símbolo da rosa branca também pode ter tido a intenção de representar a pureza e a inocência em face do mal.

2 thoughts on “A Rosa Branca…

    • Sem duvida alguma. Mas penso que por vezes a forma de melhor se aprender é com os erros cometidos no passado. É muito de lastimar que se tenham cometido atrocidades no percurso. Hoje a Alemanha possui uma grande liberdade de pensamento e expressão e uma consciência social muito consideráveis e que são motivo de admiração. E procura “emendar” os erros cometidos no passado, não deixando ninguém esquecer os mesmos e homenageando de diversas formas os seus heróis.

      Muito obrigada pela sua visita e comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s