Kehlsteinhaus – o Ninho da Águia

Kelhsteinhaus ou o Ninho da Águia, é uma casa de montanha de Adolf Hitler situada a 1834m de altitude, no topo da montanha Kehlstein.

Localiza-se na região de Berchtesgadener, na Baviera, sendo um dos principais ex-libris dessa região.

A foto seguinte apresenta o esquema das montanhas onde a Kehlsteinhaus se insere.

Encomendada pelo Líder do Terceiro Império alemão, Martin Bormann como um presente de aniversário de cinquenta anos para o líder do Partido Nacional Socialista  Adolf Hitler, a Casa de chá localizada no cume da montanha Kehlstein nos Alpes da Baviera tornou-se um dos destinos turísticos mais populares no sul da Alemanha.

Apesar da casa ter sido construída ostensivamente como um retiro tranquilo para Hitler, e localizar-se a uma curta distância da sua residência mais regular Obersalzberg, o Berghof , o líder nazi apenas a terá visitado poucas vezes, sobretudo devido à sua aversão ao ar rarefeito e seu medo das alturas.

O seu propósito inicial era servir como local de recepção de convidados oficiais.

Talvez pela falta de interesse demonstrada por Adolf Hitler, esta casa de montanha foi poupada aquando da ofensiva aliada, que bombardeou o Berghof e outras propriedades ainda mais para baixo da montanha.

Actualmente a Kehlsteinhaus alberga um excelente restaurante que serve os melhores pratos tradicionais da Baviera, e é o destino de centenas de milhares de visitantes de todo o mundo.

O nome de “Ninho da Águia” talvez se deva à sua localização dada a altura ser propícia para as Águias edificarem os seus ninhos, ou a Adolf Hitler ser considerado a Águia da Alemanha da altura, ou de alguma forma aludir ao facto de no brasão da Alemanha Nazi constar uma Águia. Mas admito que qualquer uma dessas hipóteses possam ser meras conjecturas minhas.

O certo é que a Águia consta desde tempos remotos no Brasão de Armas da Alemanha, apesar de ter sofrido alterações ao longo da história.



Durante os tempos da Alemanha Nazi tal não foi diferente e no brasão dessa época foi absorvido igualmente o símbolo da Águia.

O Túnel e elevador  que permitem chegar ao topo da montanha  são por si mesmos uma obra de engenharia da altura.

A compilação seguinte de fotos ilustra o percurso até ao Ninho da Águia, primeiro a viagem de autocarro pela Kehlsteinstrasse desde a base da montanha até um nível superior, depois o percurso de 124m de túnel no interior da montanha, e finalmente o elevador que faz um percurso ascendente, também de 124 m. São apresentadas igualmente as plantas quer do túnel e do elevador bem como do próprio edifício no topo da montanha Kehlstein.

No edifício, onde muito do interior permanece inalterado desde a altura em que foi construído, é possível vislumbrar alguns pormenores como o fogão de sala com a data de 1938 gravada no fundo do mesmo, e as salas onde actualmente se encontra o restaurante.

As fotos seguintes ilustram a paisagem exterior ao Ninho da Águia.

A ultima compilação de fotos descreve o percurso descendente depois de deixar o Ninho da Águia.

45 thoughts on “Kehlsteinhaus – o Ninho da Águia

  1. Pingback: Königssee – um lago paradisíaco « Turista Ocasional

  2. Tbm inclui o Ninho da Aguia no meu roteiro, foi o primeiro blog q encontrei informacoes sobre o lugar!!

    Interessante!!

    Qto tempo é, partindo de Salzburgo? É facil chegar la?

    • Bom dia Bruna!!

      O Ninho da Aguia em Berchtesgaden, Alemanha, fica a cerca de 30km e 30 minutos de Salzburgo. Eu fui lá de automóvel pelo que foi fácil. Existem também excursões de Salzburgo para o local, pelo que mesmo sem meio de transporte próprio é possível chegar lá sem grande problema. A regiao de Berchtesgaden é bastante interessante pelo que tendo disponibilidade de tempo pode conciliar para visitar o lago Königsee, que fica nas imediações.

  3. Legal!! Eu nao vou estar de carro para fazer esse passeio, mas acredito q encontre algo mais facil para me locomover de forma independente!

    Qto tempo leva o passeio ate o Ninho? E sobre o lago konigsee, um amigo de meu pai fez esse passeio e sugeriu tbm! Um dia para os dois é suficiente?

    • Olá Bruna uma vez mais!

      Posso assegurar-lhe que aqui os transportes públicos funcionam muito bem e são fiáveis em termos de cumprimento de horários. Assim caso queira considerar para fazer esse passeio ao Berchtesgaden, a utilização de comboio ou autocarro (linha regional), aconselho-a a espreitar o site da DB Bahn e fazer uma simulação colocando como ponto de partida a estação central de Salzburgo (Salzburg Hbf) e como ponto de chegada a estação central de Berchtesgaden (Berchtesgaden Hbf). Desta forma obterá as várias opções possíveis em termos de horários, duração da viagem e meios de transporte usados.

      Quanto a ser possível ou não conciliar a visita aos dois locais, depende sempre do horário a que chega ao primeiro dos seus destinos e do tempo que demora no mesmo. Aconselhava-a a ver qual o horário da primeira subida ao Ninho da Águia e da ultima, para decidir por exemplo onde ir primeiro, porque a viagem de barco no Königsee, pode efectuar-se por exemplo a partir das 8 da manha ou algo do género.

  4. Fabuloso !!! Estarei na baviera em setembro e outubro , mas precisamente em munique visitando a oktoberfest, será que é possivel fazer esse passeio em 1 dia ? consigo transporte público ou terei que alugar um carro ?

    obrigado.
    Parabens.

    • Bom dia Filipe!
      Claro que é possível visitar o Kehlsteinhaus num dia, partindo de Munique e através de transporte publico.
      Recomendo que “espreite” o site da DB Bahn (comboios alemães) e que coloque como local de partida München Hauptbahnhof e como local de chegada Berchtesgaden, Busabfahrtsstelle Kehlsteinhaus. Desta forma obterá os vários horários possíveis de partida, da estação central de comboios de Munique, duração da viagem, meios de transporte usados e transbordo.

      Em relação ao Oktoberfest, efectivamente há imensas pessoas que optam por visitar Munique quando este ocorre, justamente para conhecerem essa festa rainha da cerveja de Munique. Se ainda não conhece o Oktoberfest, gosta de cerveja em canecas de um litro, e de uma grande diversidade de carroceis, acredito que vai gostar. Se pretender entrar em alguma tenda durante um dia e horário mais concorrido, pode ser necessário fazer a reserva antecipadamente. Mas se visitar durante um dia e horário “mais morto”, não terá problema em entrar em qualquer uma das grandes e conceituadas tendas.

      É sempre muito agradável quando recebo um feed-back positivo acerca de um artigo que escreva. Obrigada por isso.

  5. encontrei o ninho, e tamanha surpresa, nao recomendo….. o passado nao vale a pena, senao para pessoas que gostem de traumas………………………. a alemanha é um paraizo do EDEM

    • O antigo proprietário da Kehlsteinhaus foi responsável por grandes atrocidades e pela II GM, mas ele ao contrário do que gostaria não foi eterno, enquanto os locais se os soubermos preservar, podem permanecer e serem devidamente apreciados.
      A Kehlsteinhaus está localizada numa região maravilhosa e da mesma pode-se desfrutar de uma paisagem fantástica.
      Eu não associo minimamente a Kehlsteinhaus a um local traumático, e os que o são como os campos de concentração, servem para nos recordar do passado atroz e, é com o conhecimento das consequências de determinados actos que ficamos mais conscientes para não permitir algo semelhante e construir um futuro melhor. Não é da ignorância e desprezo que se obtem o conhecimento e mentes mais iluminadas.

    • Olá Fabianny!

      A Região será seguramente bastante fria e com neve durante o mês de Janeiro, mas em geral o pais está preparado para essas temperaturas, e os automóveis possuem pneus de Inverno (se alugar um automóvel tenha em atenção por uma questão de segurança exigir esse pormenor, pois já me apercebi que tal nem sempre é um dado adquirido). Por vezes há estradas e percursos que são fechados ao transito com a neve. Por exemplo, pode acontecer eventualmente que o autocarro que normalmente faz o percurso até à Kehlsteinhaus, não o faça durante determinado período de tempo. Mas não se esqueça que a região do Berchtesgaden ficando situado nos Alpes alemães é um destino popular para férias de Inverno, pelo que tem os seus encantos nessa altura do ano também.

      Quanto ao frio é tudo uma questão de se estar preparado com roupa, calçado e acessórios adequados.

      Espero ter ajudado de alguma forma.

      • Obrigada. Vou me casar em janeiro e queria muito passar minha lua de mel pelo leste europeu e passar por essa região.. mas muita gente me desaconselhou.. Obrigada pelas dicas! um abraço!

  6. Olá Turista Ocasional, estou me programando para ir no ninho da águia, só que minhas férias são em março 2014. Será que é possível fazer esse passeio em março? Estive pesquisando e alguns lugares falam que o passeio é feito de maio a outubro. Fiquei em dúvida se vou conseguir fazê-lo vc sabe?
    Grata
    Beatriz

    • Bom dia!

      Realmente é bastante plausível que a visita a Kehlsteinhaus só seja possível entre o período que enunciou. Este ano por exemplo a época só começou a 11.05.13. Tal deve-se sobretudo a questões de segurança, pois o percurso de acesso entrada é feito através de autocarro que percorre uma estrada bastante estreita, com um declive acentuado e cheia de curvas e contra-curvas, e a área onde a Kehlsteinhaus se localiza fica nos Alpes, a elevada altitude e por isso propensa a estar coberta de neve.

      Assim, lamento informa-la que efectivamente deve ser difícil visitar o Ninho da Águia em Março. (Este ano que foi atípico nesse sentido, até houve neve na Páscoa em Munique, por exemplo)

      Mas mesmo caso não possa visitar o Ninho da águia nas suas férias em Março, há muitos outros locais interessantes que poderá visitar alternativamente. A região de Berchtesgaden é bastante interessante mas efectivamente devido à neve várias atracções só estão disponíveis entre Maio e inícios de Outubro (como é o caso também das Minas de Sal). Mas pelo menos o Konigsee pode ser visitado durante todo o ano e no inverno tem outro encanto.
      Se procurar uma outra região dos Alpes alemães perto de uma cidade sonante austríaca, como o é a de Berchtesgaden em relação a Salzburgo, então sugiro-lhe Garmisch-Partenkirche onde poderá visitar o Zugspitz e está a cerca de 63km de Innsbruck. E de Innsbruck está a 17km de Wattens onde se encontra o encantador e surpreendente museu da Swarovski, o Kristalwelten.

      Caso possa prestar algum esclarecimento adicional, disponha.

      • Olá !
        Muito obrigada pela atenção!
        Mas acho que vou ter que mudar meu roteiro!😦
        Prefiro visitar o ninho da águia em outras férias então, aí aproveito as suas dicas preciosas tbm!

        Agradeço imensamente!
        Beatriz

    • Bom dia Camila!

      Para visitar o Ninho da Aguia propriamente dito, não precisa fazer uma reserva previamente, a não ser que integre um grupo de mais de 20 pessoas. Pode adquirir na altura bilhete para visitar a Kehlsteinhaus e para efectuar o percurso de autocarro que a leva da base da montanha até ao local onde apanha o elevador que a levará na ultima parte do trajecto.

      No entanto caso pretenda integrar uma excursão para o efeito, como as que são disponibilizadas a partir de Salzburgo, nesse caso, talvez seja conveniente fazer uma reserva previa. Para mais informações acerca das excursões a partir de Salzburgo pode encontra-las aqui nas 3 Operadoras alternativas apresentadas na “Rundfahrt online buchen” (Reserva online da viagem).

    • Boa noite!

      Sim, existem operadoras que fazem excursões a partir de determinados locais. Quando pergunta “se existem operadoras de turismo que fazem excursões para o Ninho da Águia”, refere-se a algum local de partida em concreto?
      Por exemplo existem excursões a partir de Salzburgo como a Salzburg Panorama Tours, ou como as que referi aqui em comentários anteriores.
      Também existem excursões a partir de Munique, como a proposta da City Discovery.

      Se puder esclarecer melhor a sua duvida disponha.

      Cumprimentos

  7. Olá, voce sabe me dizer se foi lá que ficaram guardadas as garrafas de vinhos (500.000) saqueadas dos vinhedos franceses durante a 2ª GM

  8. Estou pretendendo fazer a visita ao Ninho da Águia no início de Maio/2014, precisamente, dia 02 de maio. Você poderia informar se neste dia o local já estará aberto para visitação?
    Como proceder para ir de carro à este local? O estacionamento fica no alto da montanha, ou em baixo, onde teremos que comprar o ticket para a subida?
    Obigatoriamente, teremos que fazer alguma refeição no local, por ser atualmente um restaurante?
    Muito boas as suas dicas. Parabéns pelo site.

    • Boa noite Tulio!
      O Ninho da Águia efectivamente inicia a sua época de abertura ao publico para visitação em Maio, mas em geral só o faz a partir da segunda ou terceira semana do mês, pelo que não posso confirmar que a 2 de Maio já seja possível visita-lo.
      Os automóveis ficam estacionados num parque de estacionamento existente na base da montanha, perto do edifício com várias facilidades, onde inclusivamente existe uma loja e onde se adquirem os bilhetes. A viagem até ao cimo é feita num autocarro próprio, no âmbito da própria visita ao local.
      Apesar de existir um restaurante no local não existe qualquer obrigatoriedade de consumo lá.

      Melhores cumprimentos

  9. olá, boa noite, Farei uma viagem para Alemanha em Setembro. Gostaria de saber se existe um site com os horários do restaurante e do passeio no Ninho das Águias. Fiquei encantada. Será que consigo sair de innsbruck pela manhã, ir no Ninho das Águias, fazer o passeio e depois seguir para Munique?

    Obrigada

    • Bom dia Deborah!
      O seu comentário levantou-me uma questão, estará com meio de transporte próprio/alugado, ou dependente dos serviços de transporte públicos existentes? Por norma quem visita o Ninho da Águia, dada a proximidade, fá-lo partindo de Salzburgo e não de Innsbruck, por isso existem várias Tours ao Ninho da Aguia tendo como ponto de partida esta cidade. Apesar do Ninho da Águia estar em território alemão, está bastante próximo da Áustria, em concreto de Salzburgo. Por exemplo eu quando visitei o Ninho da Aguia fi-lo entrando primeiro na Austria, perto de Salzburgo e depois saindo e voltando a entrar na Alemanha na região de Berchtesgaden que é onde fica a Kehlsteinhaus.

      Estando com meio de transporte independente, o mais provável será partir de Innsbruck, em direcção à Alemanha pela A12, e já na Alemanha perto de Rosenheim (em Raubling que dista de Munique 65km) mudar para a autoestrada A8 em direcção a Salzburgo. A distancia entre Innsbruck e Berchtesgaden é de cerca 190km, 2h. Entre Berchtesgaden e Munique são cerca de 150km, 1h40.
      Resumindo, partindo de Innsbruck o percurso é uma espécie de 2 lados de um triângulo.

      Se é possível um Tour partindo de Innsbruck, visitar a Kehlsteinhaus e acabar o dia em Munique? Quanto a isso não tenho dúvidas.

      Este é o site oficial da Kehlsteinhaus

      Caso pretenda algum esclarecimento adicional, disponha.

  10. Olá!!!
    Estarei visitando a Alemanha em Outubro e gostaria de saber se existe alguma operadora que faça o passeio para o Ninho da Águia partindo de Frankfurt. Também estou querendo fazer o passeio da rota romântica e dos castelos. Você saberia informar alguma operadora que realize estes passeios mais em conta?
    Obrigada

    • Olá Renata!

      Pessoalmente desconheço alguma operadora que faça o passeio entre Frankfurt e o Ninho da Águia, atendendo a que entre os dois locais distam mais de 550km, a que correspondem cerca de 5h automóvel/autocarro, pelo que é demasiado cansativo num só dia fazer a viagem de ida e regresso.

      A primeira sugestão que lhe faria em termos de transportes públicos seria consultar o site da DB Bahn, colocando como local de partida Frankfurt(Main)Hbf e como local de chegada Berchtesgaden, Busabfahrtsstelle Kehlsteinhaus, e pela simulação que fiz a viagem tem uma duração de cerca de 6h30 (com saida às 8:54 e chegada às 15:22), mas de qualquer forma ponderar a hipótese de passar a noite na região e regressar a Frankfurt apenas no dia seguinte (viagem de ida e regresso de comboio com um valor de cerca de 164€).

      Para fazer o passeio num só dia então, o melhor seria mesmo fazer o percurso de avião entre Frankfurt e Salzburgo, já que neste caso a duração do voo é de cerca de 55 minutos, e quando comprado o voo com a devida antecedência, pode mesmo ficar mais acessível que fazer o passeio de comboio mais alojamento😉 (fiz uma simulação pela Lufthansa para o dia 10 de Outubro, por exemplo, e o voo ida e volta ficava por 211,44€)

      Quanto à Rota romântica – Romantische Straße, que tem a extensão de 400 km, aconselho-a a explorar o site da rota que aqui encontra, onde estão disponíveis várias opções de tours, e as mesmas podem ser reservadas online. Certamente encontra a opção ideal que procura.

      Espero ter ajudado de alguma forma e esclarecido um pouco as suas duvidas.

      Caso possa ajuda-la em algo mais, não hesite em voltar a contactar-me.

    • Quanto à minha opinião sobre a melhor época do ano para visitar o Ninho da Aguia, eu talvez sugerisse Maio, altura em que os dias tendem a ser maiores, claros, o tempo ameno e ainda sem a grande afluência típica dos meses de Verão.

  11. Olá turista ocasional, estou programando uma ida ao Ninho da Águia para o final de maio a partir de Salsburg.
    Tenho procurado tours que tenham tradução para espanhol ou portugues sem sucesso.
    Voce tem como indicar algum ?
    Abraço,
    Jorge

    • Olá Jorge!
      Lamento mas nao conheco nenhuma tour com traducao em portugues ou espanhol. No entanto pode sempre optar por comprar um livro turistico no local com informacoes detalhadas, se não em português, sem grande dificuldade encontrará em espanhol. Lamento não ter podido ajudar mais cabalmente.
      Cumprimentos

  12. Minhas felicitações pelo site e pela disponibilidade em compartilhar informações e dicas preciosas ! Se for possível , gostaria de sua opinião sobre um possível roteiro que meu esposo e eu estamos planejando para o período de 30 de maio a 9 de junho , gostaríamos de conhecer Viena , Linz/ Mathausen, Salzburgo , Berchstengaden ( kehlsteinhaus ) e Munique . Acha que teremos tempo suficiente para esse roteiro ou teríamos que reduzir as cidades ? Qual o melhor trajeto ? Pensamos fazer o percurso de carro . Aconselharia algum trecho por trem ? Quantos dias recomendaria em cada lugar ? Incluiria outra cidade neste trajeto (adoramos cidades medievais! ) ? Caso possamos optar em termos de passagens aéreas desde o Brasil , seria melhor chegar e sair por Viena, Salzburg ou Munique ?
    Obrigada , desde já , pela atenção e auxílio .
    Marcia ( Porto Alegre/Brasil)

    • Bom dia Marcia!

      Muito obrigada pelo seu comentário.
      Procurando responder às suas dúvidas/questões, começo por referir que existe uma boa cobertura em termos de transportes públicos, nomeadamente comboio (DBahn) entre a Áustria e a Alemanha.

      Não é possível que a sua (vossa) viagem de avião tenha como aeroporto de chegada Viena e como aeroporto de partida o de Munique? Tal faria com que aproveitasse melhor o tempo disponível, pois nao teria que retornar a cidade inicial para realizar a viagem de regresso ao Brasil? O que faz ainda mais sentido caso não alugue um carro em Viena para visitar as outras cidades, pois nao teria que o devolver no mesmo local, e em geral fazer o retorno do carro em outra cidade/país pode ter custos acrescidos.
      Por exemplo uma viagem de comboio entre Viena e Munique tem a duração de cerca de 4h30, e pode custar 49€ se o bilhete for válido apenas para o comboio impresso no mesmo. A viagem de automóvel tem uma duração idêntica e acredito que fique bem mais dispendioso (com o aluguer da viatura, combustível e aquisição da vinheta (obrigatória para circular nas autoestradas austríacas – por um período de 10 dias tem um custo de 8,70€)).
      O percurso entre e Viena e Munique, permite-lhe passar pelas outras cidades na Áustria que pretende visitar.
      Em Viena sugeria que ficasse no mínimo 3 dias. Depois que viajasse de Viena para Linz (de comboio o percurso demora cerca de 1h30) que passasse o dia em Linz para visitar a cidade e que ao fim do dia continuasse o seu percurso até Salzburgo (de comboio dura cerca de 1h15). Por exemplo: Saida da estação de Viena (Wien Westbahnhof) às 8:39, chegada a Linz (Linz Hbf) às 10:14, depois ao fim do dia, saída de Linz (Linz Hbf) às 19:32 e chegada a Salzburgo (Salzburg Hbf) às 20:48. (Este percurso na Dbahn custa 57€)

      Em Salzburgo sugeria que ficasse 2 dias. Um para visitar a cidade e outro para a visita a Berchstengaden (Kehlsteinhaus e Konigsee). Como já deve ter lido existem opções de excursões a partir de Salzburgo para visitar Kehlsteinhaus, mas caso queira maior mobilidade e autonomia pode optar pelo aluguer de carro por esse dia.
      A viagem entre Salzburgo e Munique de comboio tem a duração de cerca de 1:30.
      Em Munique sugeria que ficasse 3 dias completos para visitar a cidade, aproveitando um desses dias para fazer uma visita/viagem extra: visitar o maior ex-libris da Baviera – o Castelo Neuschwanstein perto de Füssen. Para esta viagem extra, apesar de haver a possibilidade de a fazer também de transportes públicos, eu sugeria para esse dia alugar um carro, pois assim conseguiria aproveitar mais visitando outros locais extra. Há um roteiro que costumo fazer sempre que visito o Castelo Neuschwanstein e que comeca parando na Wieskirche e que acaba ao fim do dia visitando outro dos Castelos do Ludwig II, o Castelo Linderhof. Esse roteiro descrevo neste artigo e seguintes caso tenha curiosidade de “espreitar”. Apesar de este percurso implicar entrar na Áustria, não precisa adquirir a vinheta, para circular no país, que eu referi inicialmente.
      Segundo esta minha proposta de dias sobra o dia 9 de Junho, pois não sei se o seu voo permitiria usar ainda o dia para visitar algo ou não, ou se, mesmo tendo o dia todo, teria que o usar fazendo a viagem de regresso para partir do mesmo aeroporto em que chegou.😉

      Caso tenha mais duvidas/questões ou procure outros esclarecimentos não se iniba em me contactar.

  13. Muito obrigada pelo rápido retorno às minhas dúvidas . Sua gentileza é algo louvável nos dias de hoje.
    Estudaremos melhor suas dicas pois , com certeza, ajudarão muito em nosso planejamento.
    Obrigada,
    Marcia

  14. Ótimo trabalho! Preciso de informações sobre a maneira mais rápida para se chegar ao ninho das águias e um outro dia ao castelo da cinderela, partindo de Tubingen.

    • A forma mais rápida será sem dúvida de Automóvel, quer para chegar ao Kehlsteinhaus quer ao castelo Neuschwanstein. Mas recomendo em ambos os casos que saia cedo, pois são locais concorridos em termos turísticos e nem todo o percurso é feito por autoestrada (por vezes também congestionada) mas também por estradas locais. Outra alternativa será de comboio recorrendo ao DB Bahn – http://www.bahn.de/p/view/index.shtml.
      Melhores cumprimentos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s