Miniatur Wunderland – Hamburgo

O museu do pais das maravilhas em miniatura, conhecido por Miniatur Wunderland, em Hamburgo, era outro dos locais que tinha curiosidade em conhecer na cidade, e que estava certa faria as delícias do meu acompanhante de palmo e meio.

Não estava errada, ele delirou com todos os locais em miniatura que descobriu, e com a possibilidade de carregar em vários interruptores, que colocavam diversas situações em funcionamento accionando o seu movimento.

O edifício deste museu localiza-se junto ao porto, pelo que já tinha apreciado a fachada do mesmo, durante o passeio de barco realizado previamente. Neste mapa é possível encontrar a localização do mesmo na região do Speicherstadt (no 2 do mapa).

A morada do museu é:

Miniatur Wunderland Hamburg
Kehrwieder 2-4,
Block D  20457 Hamburg – Speicherstadt

Trata-se de uma zona de armazéns históricos que foram convertidos, em alguns casos, para albergar outro tipo de actividades.

A exposição do museu encontra-se dividida em várias secções:

  • Escandinávia (problemas técnicos com a máquina fotográfica impediram que captasse mais imagens das ultimas secções visitadas como foi o caso desta)


  • Aeroporto de Knuffingen (esta secção estava em construção quando visitei o museu, pelo que não possuo quaisquer fotos da mesma)
  • França (ainda em construção)
  • Itália (ainda em construção)

O mapa seguinte dá uma pequena ideia da disposição das diversas secções no museu. Clicando sobre a imagem abaixo, obtém uma ampliação da mesma tornando-a mais legível.

Outras informações:

– O horário de funcionamento do museu varia consoante a época do ano, pelo que convém ver previamente qual o horário que se aplica quando o tenciona visitar. No entanto existem alturas do ano em que é bastante provável haver uma fila de espera para visitar o museu. Pode evitar esse facto caso recorra à reserva online.

– O preço de entrada no museu, depende da altura da criança (sendo gratuito para menores de 100 cm), da idade da pessoa (menores de 16 anos pagam 6€,  adultos pagam 12€, maiores de 65 anos pagam 10€), de integrar ou não um grupo (grupos de 15 ou mais elementos, cada pessoa paga 11€ e as crianças 5€), de usar cadeira de rodas (nesse caso o custo é de 5€), turmas escolares (com um mínimo de 15 elementos, 5€ por aluno menor de 18 anos e uma professora entrada livre), de ser estudante ou possuir outras condições especiais ( preço entrada é de 9€). Também existem preços para passes anuais.

– Como muitos outros museus, possui uma loja no local, mas também uma loja online.

Espero ter despertado alguma curiosidade para visitarem este museu caso visitem a cidade de Hamburgo, ou pelo menos tenham ficado com vontade de descobrir mais pormenores sobre o museu no site oficial do mesmo.

7 thoughts on “Miniatur Wunderland – Hamburgo

  1. Visitei um museu nesses moldes, na Holanda. As crianças adoram. Fui com meu filho mais velho. Foi um sucesso absoluto.
    É ótimo ter a chance de viajar com crianças para que nosso olhar desvie para a simplicidade e a alegria.
    Obrigada por esse post. Fez minhas lembranças de viagens passadas vir à tona.
    Claudia

    • Pois eu viajo sempre (tirando raríssimas excepções) com o meu acompanhante de palmo e meio (quase literalmente desse tamanho). Tal faz com que qualquer lugar que visite seja sujeito às restrições de o poder fazer com ele (programas nocturnos por exemplo são impensáveis, ou “correr” bastante para ficar a conhecer tudo de um lugar). Tudo é feito com mais calma e apreciando outros pormenores…

      Sim, existem vários locais em miniatura do género deste em vários locais/países do mundo (a Alemanha tem várias empresas cujo core business é justamente artigos em miniatura). Inclusivamente eu já visitei vários (talvez consequência do meu acompanhante). Mas o primeiro local que me vem sempre à memória nem é um local do género deste (com artigos em miniatura) mas sim com construções em ponto pequeno, o “Portugal dos Pequeninos” em Coimbra, que recordo sempre dos meus tempos de infância.

      Muito obrigada pela sua visita. Gosto sempre de a receber por aqui.

  2. O meu filho adoraria, estou certa. E a mãe também:) Que gosta de lugares que fazem com que voltemos a ser pequeninos. Cheios de pormenores, os lugares em miniatura. Sabe, nunca pensei muito em ir à Alemanha. Não sei bem porquê. Coisas mais ou menos inconscientes. Mas tem feito com que o meu olhar seja diferente. E que comece a surgir uma vontade ainda frágil de ir aí. Enquanto não, um bom fim-de-semana para si.

    Um beijo da Mar. A chegar à Alemanha a tempo do fim-de-semana:)

    • Muito obrigada pela sua visita e comentário.

      Posso estar equivocada, mas talvez adiante um motivo para nunca ter pensado na Alemanha do ponto de vista turístico.

      A Alemanha é um país com uma economia bastante forte, com diversas empresas de ponta, com uma industria automóvel bastante conceituada, entre outros sectores económicos. Com uma Angela Merkel, conhecida pela sua impopularidade internacional, por tomar medidas austeras com implicações de controlo europeu. Por outro lado a Alemanha será sempre associada ao regime ditatorial de Hittler que conduziu à Segunda Guerra Mundial, com todas as consequências daí resultantes e que deixaram marcas profundas a diversos níveis.

      Mas posso assegurar-lhe que a Alemanha não se resume a cidades muito industrializadas, não se traduz em pessoas antipáticas e introspectivas (como se se sentissem superiores a todos os outros), e a sua história não se resume à época da segunda guerra mundial. A Alemanha tem mesmo muitos interesses do ponto de vista turístico (simplesmente o Turismo não é o sector económico no qual deposita toda a sua confiança para o desenvolvimento do país, como acontece em muitos outros países).

      Suponho que como acontece com outros países de grandes dimensões, possui um turismo interno forte, e os alemães são um “povo” que gosta bastante de visitar, viajar, passear… e que tem um espírito muito inquisitivo, curioso, e uma imensa vontade de aumentar o seu conhecimento sobre os mais diversos aspectos dos locais e culturas.

      Um beijinho a chegar aí já durante o fim-de-semana

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s