Fürstbischöfliches Schloss – o Palácio de Münster

Eu aprecio bastante visitar palácios, castelos e afins.

Assim não é de surpreender que o primeiro local que tenha querido visitar em Münster, tenha sido o palácio de cidade, o Palácio do Fürstbischöfliches (Príncipe Bispo).

O Palácio de Münster (4) localiza-se perto do centro do centro histórico da cidade.

O palácio foi construído em estilo barroco, entre 1767 e 1787, como palácio residencial para o penúltimo Príncipe-bispo de Münster, Maximilian Friedrich von Königsegg-Rothenfels. O arquitecto foi Johann Conrad Schlaun. O palácio foi construído no típico arenito de Baumberg.

No entanto o Príncipe-bispo Maximilian Friedrich von Königsegg-Rothenfels, morreu 3 anos antes da conclusão deste seu palácio residencia e o seu sucessor, Maximilian Franz von Österreich, passou mais tempo na sua residência eleitoral de Bona do que em Münster.

Com o fim do príncipe-bispado de Münster, ditado pela Mediatização Alemã (Reichsdeputationshauptschluss), o palácio residencial perdeu as funções para as quais foi construido.

Em 1803 as paredes do palácio assistiram à ocupação do espaço pelo governador civil prussiano Freiherr vom Stein e pelo Generalfeldmarschall Gebhard Leberecht von Blücher. A partir de 1815, o palácio serviu de sede, à presidência e ao comando geral da Província da Vestefália.

Tal como muitos edifícios na Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial, este palácio também ficou bastante danificado resultado de várias bombas incendiárias. Mas em 1946 e 47 a níveis diferentes, começaram obras de reconstrução e recuperação do que persistiu.

Desde 1954 serve de sede e símbolo da Westfälische Wilhelms-Universität (Universidade de Münster).

Nos jardins do palácio (à retaguarda do palácio) encontra-se o Jardim Botânico, que sem dúvida alguma merece também uma visita.

O Jardim Botânico integra as instalações académicas da universidade, mas apesar de não ser um parque público, está aberto ao público em geral. O Jardim botânico é uma fonte de pesquisa científica e estudos.

Depois de visitar as imediações do palácio, uma imagem do mesmo ao longe, num dia de outono.

3 thoughts on “Fürstbischöfliches Schloss – o Palácio de Münster

  1. Olá querida amiga,

    Este castelo no inverno é encantador. Coberto de neve faz sonhar…
    Ao norte de Münster se encontra a Münsterland, onde tem diversos castelos com fossos maravilhosos, sao quase 50 castelos. Incríveis!!!
    Adorei seu post, como sempre perfeito.
    Beijos e uma ótima sexta-feira!

  2. A porcelana que referi é a mais antiga da Europa. No final do sec .XVII, Augusto, o Forte, príncipe eleitor da Saxónia, tentou acabar com o monopólio da China, na Europa, isto é, a importação de porcelana, que os ocidentais não sabiam fabricar.Procurou um alquimista famoso, Johann F. Böttger para encontrar uma fórmula de fabrico, o que veio a acontecer. As 1ªs peças foram exibidas na feira de Leipzig em 1708.
    Sei que também é muito famosa a porcelana de Meissen, de cores decorativas, que foi seguida por todas as manufacturas ocidentais .
    Beijinhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s