Palácio Real de Madrid

O Palácio Real de Madrid, é outro dos locais imprescindíveis de visitar na capital espanhola (pelo menos para mim que adoro palácios, castelos e afins) e a sua proximidade à Catedral tornaram-no a paragem seguinte neste passeio pela cidade.

Esta é uma imagem do exterior do Palácio Real, voltado para a Catedral de Almudena.

E esta uma imagem da Catedral avistada deste mesmo pátio do Palácio Real.

“O Palácio é a residência oficial de Sua Majestade o Rei de Espanha, que o utiliza em cerimónias de Estado, mas não habita nele.

A origem do palácio remonta ao século IX, altura em que o reino muçulmano de Toledo construiu um edifício defensivo, que mais tarde foi usado pelos réis de Castela. Foi sobre este que no século XVI foi construída a antiga fortaleza.
Destruída por um incêndio na véspera de Natal de 1734, Filipe V, quis que o novo Palácio ocupasse esse lugar. Toda a construção foi feita com pedra e tijolo, sem madeira, para que um incêndio não o pudesse destruir. As obras realizaram-se entre 1738 e 1755, e em 1964, Carlos III estabeleceu-a como sua residência.

Para a decoração interior, foram utilizados materiais ricos: mármores espanhóis, estuques, madeira de mogno nas portas e janelas, e importantes obras de arte, em especial as pinturas dos principais artistas do momento como Giaquinto, Tiepolo e Mengs e seus seguidores espanhóis Bayeu e Maella.

A decoração do Palácio Real de Madrid foi mudando ao longo dos tempos segundo os diferentes estilos artísticos de cada altura. Do reinado de Carlos III permanece o Salão do Trono, a Câmara do Rei (o de Gasparini) e a Sala de Porcelana, obra da Fábrica Real do Bom Retiro.
Do Reinado de Carlos IV destaca-se o Salão de Espelhos e da época de Afonso XII o Salão de Jantar de Gala.” (texto retirado daqui)

No entanto a impossibilidade de fotografar as salas interiores do Palácio fizeram com que não possua qualquer imagem das mesmas, mas posso assegurar que as mesmas, como seria expectável, são bastante interessantes e sem qualquer dúvida merecem uma visita.

Mas da janela de uma das salas pude fotografar a área exterior de um dos pátios interiores e mais privado do palácio.

O mesmo aconteceu, durante a visita às salas onde se encontra a Real Armaria, das quais também não possuo qualquer imagem, por ser expressamente proibido tirar fotografias. As imagens, retenho na minha memória, mas não consigo transpô-las para aqui.

Apenas uma espécie de estandarte com o brasão da coroa real espanhola, pude fotografar, na zona onde se adquirem os bilhetes e se encontra a loja do palácio.

Nas redondezas imediatas do Palácio Real, a paisagem é convidativa.

E a visita a Madrid continua…

One thought on “Palácio Real de Madrid

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s