Drachenfels em Königswinter

Königswinter é uma cidade alemã que pertence ao estado da Renânia do Norte-Vestfália, situada a cerca de 15 km de Bona e a 43 km da capital do estado, Colónia.

O mapa seguinte torna mais elucidativa a sua localização relativa.

Drachenfels (Rocha do Dragão) é uma montanha com 321 metros na cordilheira Siebengebirge (7 montanhas), localizada em Königswinter.

Toda esta Drachenfels tem um encanto digno de um verdadeiro cenário de contos de fadas, mas reconheço que foi o Castelo Drachenburg, o atractivo principal que despertou de imediato a minha vontade de conhecer esta montanha, assim que vi as primeiras imagens deste castelo na internet, e descobri um pouco mais acerca do mesmo.

Com um cenário idílico como fundo, situado numa posição privilegiada na área superior da montanha, e com uma arquitectura que me fez lembrar de imediato o Castelo de Neuschwanstein, realmente não faltavam atributos para ficar de imediato rendida ao Drachenburg.

Existem dois meios para chegar ao topo da Drachenfels, percorrendo a pé o percurso ascendente com um declive naturalmente bastante acentuado entre a montanha, ou de comboio no Drachenfelsbahn.

Com um acompanhante de dois palmos a decisão torna-se quase imediata, pois andar a pé cerca de 45 minutos por um terreno acidentado num percurso ascendente, fica fora de questão.

A estação do Drachenfelsbahn na base da montanha e o comboio verde tornaram-se assim bastante apelativos no que concerne ao meio de transporte usado que permitiu chegar ao topo da mesma.

Drachenfelsbahn opera com os comboios de cremalheira (com rodas dentadas) mais antigos da Alemanha e que funcionou pela primeira vez a 17 julho de 1883.

No site do Drachenfelsbahn, pode-se encontrar informação bastante útil e interessante alêm da acerca dos horários e preços praticados.

Depois de realizada a viagem de comboio, eis-me chegada ao topo da montanha.

A paisagem avistada de lá, para mim é deslumbrante, mas cada um reage de forma diferente ao que o rodeia. Assim nada melhor do que apresentar um pouco em que consiste essa paisagem, para que possam formar a sua própria opinião.

É o Rio Reno que passa por Königswinter e a ilha que se avista nas imagens é Nonnenwerth, que fica perto de Bad Honnef.

No topo da montanha encontram-se as ruínas do antigo castelo/fortaleza, o Drachenfels.

Em 1140 Arnold I, arcebispo de Colónia, começou a erguer esta fortaleza na montanha Drachenfels como uma fortificação de fronteira. No entanto em 1634, outro arcebispo de Colónia mandou deitar abaixo o castelo deixando apenas a torre de menagem, cujas ruínas permanecem actualmente.
Segundo a lenda, é onde se localizam estas ruínas que ocorreu a luta entre Siegfried (o herói da saga dos Nibelungos, um poema épico da idade média alta alemã) e o dragão que vivia numa caverna na montanha, e que ao ser banhado no seu sangue se torna invulnerável.
Depois de deixar o cume da montanha, começou o percurso descendente até ao que me tinha levado sobretudo ali, o Castelo Drachenburg.
O artigo de amanhã será dedicado especialmente a este castelo.

3 thoughts on “Drachenfels em Königswinter

    • Olá Claudia!
      Por acaso, neste caso, acho que é bem mais interessante o exterior que o interior do castelo, pelo menos em termos relativos. Suponho que tal se deve sobretudo à história do século XX de que foi alvo.
      Mas o exterior do castelo e a sua envolvencia merecem sem dúvida uma visita, sem descurar claro, também a magia da viagem no Drachenfelsbahn.

  1. Pingback: Castelo Drachenburg e um conto de prosperidade económica | Turista Ocasional

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s