Nas aguas furtadas do museu…

No terceiro andar do museu de fotografia de Burghausen, ou se preferirem, nas aguas furtadas do edifício, encontra-se uma exposição fotográfica com fotos de diversos estilos, temas e locais.

Numa espécie de janela na parede vermelha com o banco alto em frente (que se pode avistar na fotografia anterior da sala de exposição), encontrava-se um monitor, um rato e uma web-cam (e claro, um computador oculto ao olhar). Ao simples clique com o rato e colocando-nos em determinada posição, fazendo com que a nossa cara se enquadrasse no centro do ecrã, podíamos “experimentar virtualmente” uma série de penteados. Esta parte interactiva do museu foi bastante engraçada, e ainda estive durante algum tempo a experimentar penteados, alguns que criavam imagens bastante cómicas de mim. Mas dessa parte da exposição… as minhas imagens ficaram guardadas na memória do computador que as captava.

Algumas das fotos expostas nas paredes e tecto deste terceiro andar eram absolutamente surpreendentes e intemporais, por isso não resisti a fotografar algumas fotografias.

Um cilindro com as paredes pintadas de vermelho, e umas pequenas e estreitas aberturas verticais, encontrava-se no meio desta sala e só espreitando pelas referidas aberturas rectangulares era possível descobrir o que continha o seu interior: fotografias de faces sorridentes de pessoas.

E é assim, nas aguas furtadas, que termino a visita este museu da fotografia.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s