Dresden, finalmente a aguardada capital da Saxónia

Antes mesmo de ter sido a Alemanha, o país a que hoje me refiro quando digo a minha morada, já queria visitar Dresden, a encantadora e deslumbrante capital da Saxónia.

No entanto só muito recentemente essa oportunidade surgiu, muito depois de ter visitado a capital de outros estados alemães. Foi uma das ultimas viagens que fiz, e apesar de possuir elevadas expectativas em relação à cidade, as mesmas foram superadas.

Aqui encontram um folheto em inglês que ilustra as principais atrações da cidade, e aqui um mapa temático interactivo do centro da cidade, onde é fácil identificar os locais pretendidos consoante o tema desejado.

A principal referencia e o que primeiro despertou o meu interesse e vontade para querer visitar a cidade foi a sua Frauenkirche (número 3 no folheto referido anteriormente), ou seja, a Igreja da Nossa Querida Senhora. O motivo particular deve-se sobretudo às obras envolvidas para reconstruir essa igreja, depois da sua destruição consequência dos bombardeamentos. É considerada por muitos uma obra de arte arquitectónica de reconstrução dado o trabalho e dificuldade envolvidas para devolver à igreja a sua traça original. A sua reconstrução foi resultado da união e esforço concertado dos cidadãos da cidade.

Um pouco da cronologia associada a esta igreja:

  • Fins do século X inícios do século XI – Uma igreja de missão dedicada à virgem Maria existia previamente no local.
  • 1244/1289 – A Frauenkirche é mencionada pela primeira vez em documentos.
  • 1726-1743 – A nova Frauenkirche Barroca é construída segundo planos de George Bähr, carpinteiro para o conselho da cidade.
  • 15 de Fevereiro de 1945 – A igreja colapsa consequência do bombardeamento  de 13 de Fevereiro de 1945.
  • Desde 1946  – Esforços repetidos para reconstruir a igreja acabam por falhar.
  • Desde 13 de Fevereiro de 1982 – O monte de destroços torna-se um símbolo do movimento pela paz na DDR (RDA – Republica Democrática Alemã) e um lugar de protesto não-violento.
  • Novembro de 1989 – Após a revolução pacífica na RDA, o grupo de acção dos cidadãos para a reconstrução da Frauenkirche de Dresden é fundada, unindo os iniciadores da reconstrução sob o músico, o Prof. Ludwig Güttler.
  • 13 de Fevereiro de 1990 – O grupo de ação dos cidadãos envia a sua “Chamada de Dresden” desencadeando a reconstrução e nos anos seguintes numerosos grupos de amigos e apoiantes são fundadas na Alemanha e no exterior.
  • 14 de Março de 1990 – O grupo de ação dos cidadãos entra nos registos das associações de Dresden  sob o registo numero I/1. Mais tarde a associação que suporta a reconstrução da Frauenkirche de Dresden é desenvolvida deste comité.
  • 23 de Novembro de 1991 – A Stiftung Frauenkirche Dresden é fundada na forma jurídica de uma associação, registada pela associação de financiamento juntamente com a Igreja Luterana Protestante da Saxônia. Desde 1994 existe como uma fundação de direito público com o Estado Livre da Saxônia, a cidade de Dresden e a Igreja Luterana como fundadores. A Fundação atua como construtor e assume a responsabilidade global de reconstrução, de preservação e operação da Frauenkirche de Dresden.
  • 1992 – Primeira protecção e planeamento do trabalho
  • 1993 – Começa a limpeza arqueológica das ruínas.
  • 27 de Maio de 1994 – A primeira nova pedra é colocada do lugar.
  • 26 de Agosto de 1996 – A cripta é consagrada.
  • 13 de Fevereiro de 2000 – A cruz para a catedral, financiada pelo fundo Britânico de Dresden e feita na Grã-Bretanha, é entregue; o primeiro serviço religioso e os primeiros concertos são realizados na sala principal inacabada da igreja.
  • 4 de Maio de 2003 – Os novos sinos para  a Frauenkirche são consagrados.
  • 22 de Junho de 2004 – A cúpula e a cruz são colocadas no topo da torre.
  • 30 de Outubro de 2005 – Consagração da Frauenkirche marca o início do intenso uso da igreja para serviços, devoções, concertos, leituras, visitas guiadas e outros eventos.

Não tirei quaisquer fotos no interior da Frauenkirche, pelo que a imagem apresentada abaixo do seu interior resultou da digitalização de um livro que adquiri na loja da igreja.

4 thoughts on “Dresden, finalmente a aguardada capital da Saxónia

    • Olá!!!
      Realmente é impressionante a quantidade de locais e edifícios na Alemanha que tem dois pontos comuns na sua historia, um ponto bastante negro, o de terem sido alvo de bombardeamentos e destruição durante a Segunda Guerra Mundial, e um consequência do primeiro, de ter havido um esforço consertado para serem edificados novamente.
      Beijinhos e óptima semana também para si

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s