O Prater

O Prater é um dos locais mais mágicos de Viena, e seguramente dos mais atractivos para quem viaja com crianças.

O Prater começou por ser um terreno de caça imperial, só acessível à aristocracia, até o imperador austríaco Josef II ter doado a área aos vienenses em 1766 para um centro de lazer público. O Imperador também permitiu o estabelecimento de restaurantes e snack-bars no local, algo que teve uma óptima receptividade e aceitação . Proprietários,  cervejarias e cafés, e confeitarias de gengibre (Lebzelter) “assentaram arraiais” no Prater. Balancés, Carroceis, e pistas de Bowling, também se instalaram no recinto.

E assim começou a história de como o parque se tornou no que é hoje…

Actualmente não faltam divertimentos que deixam um sorriso “de orelha a orelha” e um brilho especial nos olhos de qualquer criança, e mesmo em muitos adultos.

Aqui encontram o mapa com as diversas atracções do Prater. Cliquem sobre o mesmo para o verem em pdf com a respectiva legenda.

O Prater, é um local que cativa desde o momento em que entramos no mesmo e até ao momento em que o deixamos.

Mas há um local que é a “cabeça de cartaz do Prater”, a roda gigante vienense.

Antes de entrar numa das suas carruagens e andar na respectiva roda gigante histórica, visita-se umas salas de exposição, onde é apresentada um pouco da história desta roda centenária.

Depois da passagem pelo Museu, eis que entro em uma das carruagens da roda gigante, e começam as voltas, que só não proporcionarem momentos ainda mais agradáveis dado o meu desconforto provocado pelas vertigens que sentia.

E a paisagem de Viena avistada da Roda gigante, tem um encanto especial, pelo quanto permite alcançar.

Claro que da roda Gigante também se tem uma vista privilegiada sobre o parque de lazer e diversões que é o Prater.

Depois de sair da roda gigante, de ter apreciado toda a envolvência deste parque, destaco uma série de esculturas muito coloridas e apelativas, no centro do parque que atraíram bastante a minha atenção.

Um local que em Viena recomendo vivamente não dispensarem de o visitar.

2 thoughts on “O Prater

  1. Bom dia.
    Lembrava-me perfeitamente do parque, mas havia esquecido o nome. Não tive a sorte de andar na grande roda. Deve proporcionar uma vista lindíssima. Mas como o autocarro era alto, a vista não foi má de todo. Estava sol e todas essas cores são difíceis de esquecer. Viena também. Gostava de voltar.
    Bjs

    • Bom dia!!!

      O Prater é mesmo um parque muito colorido e cheio de focos de interesse.
      A paisagem da roda gigante é deslumbrante e fantástica, mesmo num dia cinzento como aquele em que andei nela.

      Viena é mesmo uma cidade à qual se gosta de voltar, porque uma vez é manifestamente insuficiente.
      Bjs

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s