Palácio Eggersberg

Em Riedenburg existem três palácios ou castelos. O primeiro foi mencionado no artigo anterior, o Castelo Prunn.

Depois de visitar este primeiro castelo, ou o que foi possível deste, a viagem continuou em direcção ao segundo, o Palácio Eggersberg, o qual foi convertido em Hotel e restaurante, e possui um museu.

“Castelo Eggerberg foi um Hofmark fechado (=pequena Jurisdição da Baviera). O início da construção deu-se em 1580, e a sua conclusão aconteceu em 1604 com algumas montagens de carpintaria. O denominado “Novo Palácio” é o sucessor do Palácio Eggerberg do século XVI. O edifício foi desenhado e encomendado para o “Conselheiro Privado Adam Jocher para Egersperg ” a falência do mesmo fez com que o edifício tivesse que ser leiloado.

1684 o edifício foi adquirido pelo jurista Grisons Professor Dr. Jur. utr. Dominic Barão de Bassus, ministerial nos serviços dos duques da Baviera e jurista da primeira Universidade da Baviera de Ingolstadt, juntamente com o Sandersdorf Hofmarken, Mendorf, e as ruínas Harlanden Tachenstein.

O seu sobrinho, Barão Thomas Maria  Ferdinand de Bassus é um dos principais membros da Ordem dos “Illuminati”. Ele é um entusiasta mecenas das artes e promove não apenas o impressionante Schnitzer Ignaz Günther, mas descobriu e também financiou os mais prolíficos compositores do período rococó, como Johann Simon Mayr de Mendorf em Altmannstein.

A família de Bassus teve assento no Hofmark Eggersberg entre 1684-1947 e impressionou tanto as fortunas como a história da casa.

Em 1963, a casa do fundador do Conselho Memorial do Estado da Baviera Dr. jur. UTR. Robert F.E. Weigand, foi renovada, remodelada e equipada. A casa foi convertida num  hotel e restaurante.

No primeiro andar dos estábulos, com o conhecido longo Legschieferdach (telhado com pedra natural típico nas casas da lei da regiao de Altmühltal) encontra-se o Museu Hofmark da “Fundação Cultural Dr. Robert Weigand”.” (tradução livre do texto contido no placar apresentado acima)

Nas imediações do palácio ainda é possível apreciar a Alter Pfarrhof (Antiga casa Paroquial) e o Aussichtsfelsen Obereggersberg (Vigia rochosa de Obereggersberg).

O terceiro Castelo/Palácio de Riedenburg, o Palácio Rosenburg, não cheguei a visitar, pois actualmente é detido por uma falcoaria privada e, só é possível entrar no mesmo com bilhete para a falcoaria (segundo o site só está aberta entre meados de Março e 15 de Outubro).

2 thoughts on “Palácio Eggersberg

    • Olá Claudia!!

      Sim, ainda está frio, mas isso não devia ser impedimento para passear. Hoje o dia por exemplo presenteou-nos com chuva, o que torna qualquer passeio um pouco menos agradável.
      Sobretudo descobri que há cidades que pensam que o turismo só começa a partir de 1 de Abril, pois só a partir dessa data é que algumas das suas principais atracções abrem as suas portas ao publico.
      Bjs

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s