Pela Savsca Cesta…

Há inevitavelmente ruas que se percorrem mais vezes do que outras quando se visita uma cidade.

Durante a minha visita a Zagreb, a Savsca Cesta,  foi uma dessas ruas.

Um dos primeiros locais relevantes, que fica perto dessa rua é a Torre Cibona, uma torre de negócios com 92 m de altura e 25 andares acima do solo (sendo o quarto edifício mais altos da cidade). No topo da torre existe um mastro de rádio que ao ser considerado, aumenta a altura da torre para 105m de altura.

A torre foi construída em 1987 para a  XIV Universíada de Verão, realizada em Zagreb nesse ano. O arquiteto responsável pelo seu design é Marijan Hržić.

A torre integra um complexo de edifícios que engloba outros mais baixos também de negócios, um estádio de basquetebol com 5.400 lugares, e uma instalação de arte.

O actual ocupante da torre é a Agrokor, a maior empresa de alimentos, na Croácia.
Um pouco mais à frente na referida rua, encontra-se o Museu Técnico de Zagreb.

O museu foi fundado em 1954 e possui o  mais antigo motor a vapor preservada na área, que data de meados do século XIX, e que ainda está operacional. O museu é composto por várias secções distintas:  o Planetário, que é liderado por Ante Radonić; a exposição Beehive; a Mina – modelo de minas para ferro, carvão e metais não ferrosos, com cerca de 300 m de comprimento; o estudo Nikola Tesla.

Não visitei este Museu pois sempre que passei por ele os seus portões encontravam-se fechados. (A foto seguinte foi retirada do site do museu.)

Continuando pela Savsca Cesta, encontra-se o imponente, enorme e luxuoso Westin Hotel, um hotel de 5 estrelas, muito bem localizado na cidade.

Logo a seguir, já na Trg Franklina Delanoa Roosevelta, encontra-se o Museu Mimara.

“O museu denominado de “Coleção de Arte de Ante e Wiltrud Topic Mimara”, ou para abreviar, o Museu Mimara, foi fundado com uma doação de Ante “Mimara” Topic e aberto ao público em 1987. O Museu está localizado num palácio neo-renascentista de fins do século XIX. As participações incluem 3.750 obras de arte de várias técnicas e materiais, e de diferentes culturas e civilizações. Há cerca de 450 fotos e desenhos de mestres famosos de várias escolas (Rafael, Velasquez, Rubens, Rembrant, Goya). Possui também cerca de 200 esculturas desde a antiguidade até ao século XX, raridades arqueológicas da Grécia antiga e do Egito. A colecção de vidro mostra o caminho do desenvolvimento desde o antigo Egito e o Império Romano até aos familiares workshops venezianos e outros europeus em mais de 300 artigos expostos.

A coleção de obras de arte do Extremo Oriente contém itens de materiais raros, como laca, jade e chifres de rinoceronte. O Museu contém uma biblioteca de arte excelente, com cerca de 5.400 títulos.

A exposição permanente é apresentada segundo uma sequência cronológica dos períodos históricos e estilísticos. Exposições temáticas e de estudo são organizados regularmente, assim como os grupos de peritos e ocasionais salas de jogos educacionais e workshops.” (texto retirado e traduzido do site turístico da cidade)

Continuando sempre em direcção ao centro da cidade, um pouco mais à frente já na Trg Marsala Tita encontra-se  um outro Museu, o Museu de Artes e Ofícios.

O Museu foi fundado em 1880, com a intenção de proteger obras de arte e artesanato contra a nova predominância de produtos industriais. O Museu com os seus 160.000 expositores, é um museu de nível nacional para a produção artística e a história da cultura material, na Croácia.

Os artigos são classificadas em 19 coleções de museu diversas: mobiliário, metal, pintura, escultura, relógios, fotografia e equipamentos fotográficos, instrumentos musicais, desenho gráfico, marfim, impressão e encadernação, artigos de couro impressos e pintados, artigos devocionais, acessórios para fumadores e brinquedos.

As doações de Penic, Zaplaz, Ibler, Akacic, Ulrich, Pichler, Krizman, Maric, Matkovic-Majer e Vinski são muito relevantes. O museu tem uma importante biblioteca com mais de 50.000 títulos. A exposição permanente foi criada em 1995 até à data, com comentários sobre as exposições em forma de lendas, vídeos e instalações de computadores.

O novo conceito da exposição permanente é um reflexo do sistema e do âmbito das ações do museu. O Museu organiza regularmente exposições culturais e históricas de problemas, e temáticas, encontros de peritos, slalas de jogos educacionais e workshops, e lida com a restauração de obras de arte.” (texto retirado e traduzido daqui.)

Não faltam assim motivos para percorrer estas ruas, avenidas e praças.

No artigo seguinte darei uns passos para o lado para visitar um edifício em particular…

2 thoughts on “Pela Savsca Cesta…

  1. Pingback: Teatro Nacional Croata de Zagreb | Turista Ocasional

  2. Pingback: Teatro Nacional Croata de Zagreb | Turista Ocasional

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s