Visita a local improvável

Normalmente visitar um cemitério não se encontra no topo das prioridades quando se pretende conhecer uma cidade, e o tempo é bastante limitado para ficar com uma ideia do que a cidade tem para oferecer em termos turisticos.

No entanto quando um local é considerado como um dos mais bonitos da Europa, independentemente da categoria em que o seja, tal desperta, pelo menos em mim, uma certa curiosidade em visitar tal local.

Esse é o caso do cemitério Mirogoj em Zagreb, que se encontra no Top 10 dos Ambientes da cidade, sendo um dos marcos mais relevantes da mesma. É descrito como um dos parques de cemitério mais bonitos da Europa dada a sua arquitectura.

“O cemitério Mirogoj foi fundado em 1876 numa propriedade de Ljudevit Gaj (líder da reforma nacional croata) adquirida pelo estado após a sua morte, e substituiu 8 cemitérios que existiam activos na altura.

Foi projectado por Herman Bollé (1845-1926), um estudante de Friedrich von Schmidt.

Em 1879 iniciou-se em Mirogoj a construção das magníficas arcadas, com cúpulas, os portais centrais e a igreja. As arcadas foram concluídas em 1917, enquanto a parte central foi concluída em 1929.

O estilo neo-renascentista do cemitério é caracterizado pelo equilíbrio, simetria, perspectivas claras, uma correcta divisão de luzes e sombras e uma expressão quase moderna.

De acordo com o primeiro estatuto, todas as confissões são iguais, pelo que tanto cruzes católicas como ortodoxas e estrelas judaicas formam as cúpulas do panorama aéreo. O Mirogoj pode por isso, ser considerado um cemitério muito relevante enquanto uma  realização paisagística, uma galeria de arte e um livro de história da Croácia.” (tradução e adaptação daqui)

Trata-se assim de um cemitério agregador pois possui sepulturas de membros de todos os grupos religiosos: católicos, ortodoxos, muçulmanos, judeus, protestantes, santos dos últimos dias e descrentes.

Nas arcadas encontram-se os últimos lugares de descanso de muitos croatas famosos.

Esta é a planta do extenso parque do cemitério.

Alguns dados relativos a este extenso parque, que encontrei num placar perto da entrada principal:

Extensão do parque do cemitério: 72,4 hectares
Primeiro enterro: 1876/11/07
Número de enterrados: 322.000 (não sei a quando se referem estes dados)
Número de sepulturas: 60.000

Arcadas: construídas entre 1879 e 1917
Capela Cristo Rei: construída entre 1926 e 1929.
Arcadas grandes: 77
Cúpulas grandes: 12
Arcadas pequenas: 69
Pequenos pavilhões: 5

Arcadas e entrada principal do cemitério com a Igreja do Cristo Rei.

Interior da Igreja do Cristo Rei

Arcadas e exterior da Igreja avistadas do interior do parque do cemitério.

Túmulo de Franjo Tuđman, Primeiro Presidente da Republica da Croácia.

A Casa Mortuária com pequeno obelisco em frente, situa-se perto da entrada principal, sendo o edifício que na planta se encontra do outro lado da estrada (e parece uma coroa com 3 bicos).

Também desse lado da estrada, encontra-se um aglomerado circular de barracas, que vendem arranjos e ramos flores bem como outros artigos úteis para levar para as sepulturas como velas e afins.

Anúncios

4 thoughts on “Visita a local improvável

  1. Olá,
    tenho pena de não ter visitado este cemitério, parece ser bem interessante.
    Na Irlanda, para apreciar as cruzes celtas das campas, fiquei eu e uma amiga fechadas num cemitério! Valeu-nos uma pessoa que passava à porta e foi chamar o responsável pela chave.
    Beijinhos

    • Olá Olá!
      Sem dúvida alguma, o cemitério era bastante interessante. Quanto a mim tive pena foi de não visitar o parque Maksimir, mas com um dia de chuva tal não era muito aconselhável ;-(
      Ainda bem que passou uma pessoa perto da entrada do cemitério na Irlanda pois não ia ser nada agradável passar uma noite num cemitério ainda mais ao relento.

      Beijinhos

  2. Turista,
    Na verdade esse não é um dos meus programas favoritos. Mas, em Buenos Aires o cemitério também está entre os top 10 lugares de interesse. Já visitei, apesar de não ficar muito à vontade.
    Estou adorando essa série de posts sobre a Croácia. Sua Páscoa foi bem animada.
    Bj

    • Pois, visitar cemitérios parece mesmo um pouco mórbido, e tem que haver um motivo muito forte, como neste caso que também pertencia a um top 10 dos locais a visitar em Zagreb, para ter vontade de o fazer.
      Sim, gostei bastante da minha escolha de local para visitar durante as mini-ferias de Páscoa. Acho que foi uma boa aposta e recomendo a cidade a quem ainda não a conhecer.
      Beijinhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s