Uma curta paragem no percurso…

Como “viciada” em palácios e castelos, quando defini em termos gerais o programa de visitas em Zagreb, inclui uma saída do centro da cidade para ficar a conhecer um castelo considerado como de contos de fadas.

No percurso até ao destino final, fiz no entanto, um pequeno desvio para ficar com uma pequena ideia do melhor de Lepoglava, apesar de ser domingo e tudo estar fechado.

Lepoglava é uma cidade do condado de Varaždin, no norte da Croácia, localizada a sudoeste de Varaždin, a oeste de Ivanec e nordeste do Krapina (ver mapa).

Um dos principais atractivos da cidade é a Igreja da Virgem Maria e o Mosteiro, erguidos pelos monges paulinos no século XIV.

“O Mosteiro Paulista e a Igreja da Virgem Maria existe desde 1400 e pertence ao património cultural protegido de importância nacional. Quase toda a igreja foi preservada, no estilo de construção gótico, enquanto a construção e reconstrução posterior pertencem ao estilo Barroco precoce e tardio.
Durante o século XVIII João Batista Ranger ornamentou a igreja com afrescos e cobriu os bancos do coro com pinturas. A igreja também foi enriquecida com os altares do barroco tardio e o órgão que data de 1649, considerado um dos mais antigos da Europa.

De 1503 até 1637 a primeira escola secundária pública croata começou a funcionar no mosteiro, e a primeira Universidade croata nos século XVII e XVIII. O paulista Ivan Belostenec escreveu aqui o primeiro dicionário latino-croata Gasophylacium.

Com a abolição da ordem sagrada Paulista em 1786, o mosteiro foi convertido numa penitenciária estadual em 1854. Em 2001 a penitenciária foi move para outro local, e o estado dei-o para a diocese Varazdin”. (texto traduzido de um cartaz que encontrei perto da igreja e do mosteiro)

Outro dos aspectos relevantes e famosos desta pequena cidade é a sua trabalhosa e característica renda, renda de bilros.

2 thoughts on “Uma curta paragem no percurso…

    • Olá Angela!
      Acabei de passar pelo seu blog e gostei bastante do seu artigo sobre o Oktoberfest.
      Fiquei muito bem impressionada com o que visitei na Croácia, em especial com a sua capital (apesar dos grafitis e da decadência de alguns edifícios). Para mim é mais “fácil” viajar para sul, da mesma forma que para si deve ser mais fácil viajar para norte.
      Beijinhos para si e para a sua família, e óptimo fim-de-semana

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s