A chegada ao Luxemburgo…

Depois da visita a Heidelberg, o destino seguinte no roteiro era num país vizinho da Alemanha, neste caso o Luxemburgo (oficialmente designado de Grão-ducado do Luxemburgo). Trata-se de um país bastante pequeno, com apenas 2.586,4 km2, e a sua capital e cidade mais populosa possui o mesmo nome que o país, ou seja, Luxemburgo.

Mas na viagem entre Heidelberg e a capital do Luxemburgo, fiz um pequeno desvio e saí da autoestrada, para conhecer um pouco de Mannheim, sobretudo pelo seu palácio, já aqui apresentado. (Na viagem de regresso do Luxemburgo, em contrapartida, foi quando visitei Karlsruhe, e não surpreendentemente, o desvio foi feito também por causa do palácio da cidade)

O mapa do centro da cidade que encontrei com mais detalhe e definição foi o deste site do Reino Unido (apesar de não ter encontrado a legenda para os locais identificados no mesmo).

Quando cheguei à capital do Luxemburgo, curiosamente o primeiro local interessante que conheci foi a estação central de comboios, não porque tenha chegado de comboio à cidade, mas porque a estação se encontrava em frente ao hotel onde fiquei alojada.

A estação ferroviária original foi construída inteiramente de madeira, e foi inaugurada em 1859. A posição da nova estação na margem sul do Pétrusse, longe da área urbana original da cidade, ficou a dever-se a função de Luxemburgo como uma fortaleza  da Confederação Alemã. A primeira ligação com a cidade propriamente aconteceu em 1861, com a construção do viaduto Passerelle. Em 1867 após o Tratado de Londres, as fortificações foram demolidas,o conduziu à expansão da cidade em torno da estação.

A velha estação de madeira foi substituída pela construção moderna actual, entre 1907 e 1913, no auge de um boom económico, alimentado pelo ferro das Terras Vermelhas. A nova estação foi projectada por um trio de arquitectos alemães (Rudell, Jüsgen e Scheuffel) no estilo barroco revivalista de Moselle que domina os principais edifícios públicos do Luxemburgo. A estação fica no fim da Avenue de la Liberté, uma das principais artérias da cidade, e a sua imponente torre do relógio pode ser vista de uma distância considerável.

Já no centro histórico da cidade uma das primeiras paragens foi na Place Guillaume II (Praça do Grão-duque Guilherme II). É nesta praça que se encontra a câmara municipal da cidade, o posto turístico,  e no centro da praça, uma estátua equestre do Grão-duque Guilherme II.

A estátua de bronze foi colocada na praça para prestar homenagem ao Rei e Grão-Duque Guilherme II de Nassau-Orange. Ele governou entre 1840 e 1849 e, um ano antes de sua morte, concedeu ao Grão-Ducado a sua primeira constituição parlamentar, uma das mais liberais na Europa na época.

A figura equestre de Guilherme II é o trabalho do escultor francês Antonin Mercié enquanto a estátua do cavalo é de Victor Peter.

O pedestal do monumento revela o brasão da Casa de Orange-Nassau, do Luxemburgo e dos 12 cantões de Luxemburgo. Uma cópia exacta da estátua pode ser encontrada em Haia.

Uma das visitas subsequentes foi à Catedral de Notre-Dame da cidade. Tal será abordado no artigo seguinte.

2 thoughts on “A chegada ao Luxemburgo…

  1. Olá!!!
    Tá ai um lugar que eu adooorei!!! Um país que apesar e pequeno tem bastante coisa interessante e a maioria das pessoas passam batido.
    Isso sem falar na grande quantidade de portugueses, ouvi muito nosso idioma pelas ruas da cidade. As vezes até fiquei me perguntando se será q estou mesmo em Luxemburgo?!? hehe

    • Olá Bruna!

      Sem dúvida alguma. Esta capital de um país pequenino com nome homónimo do país, é realmente deveras interessante e uma verdadeira caixinha de surpresas em termos de oferta turística.
      Eu também fiquei com a sensação familiar de ouvir nas ruas a falarem português, mas isso é porque a comunidade portuguesa é uma das principais em termos de emigrantes no país.
      Beijinho

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s