A Floresta espiral…

Depois de sair de Koblenz, o objectivo era passar uma noite em  Frankfurt. Mas foi mesmo apenas isso que aconteceu, cheguei à cidade, onde indiscutivelmente, se acumulam mais arranha-ceus por metro quadrado na Alemanha, apenas para jantar e dormir.

Admito que não eram esses os planos iniciais, mas como tudo, ou quase, os programas são objectos de mutação.

Assim decidi dedicar muito mais tempo à viagem entre Koblenz e Frankfurt, fazendo-a ao máximo pela margem direita do Reno. A acentuar isso, no fim ainda fiz um desvio no percurso para ir a Darmstadt. A ida a Darmstadt tinha um objectivo muito concreto e específico, pretendia visitar a Floresta Espiral, um edifício residencial projectado por Friedensreich Hundertwasser.

Foi planeado e implementado pelo arquiteto Heinz M. Springmann, e construído pela empresa Bauverein A.G. Darmstadt .

O edifício foi construido entre 1998 e 2000.

(A imagem seguinte, panorâmica do edifício, foi retirada da internet, pois não consegui in loco tirar uma foto de um ângulo que captasse o edifício todo)

Para quem já leu alguns dos meus artigos, certamente já se apercebeu que aprecio imenso as obras de Hundertwasser, e que estas despertam bastante a minha curiosidade e interesse. Não é por isso, a primeira vez que faço um desvio no percurso inicialmente traçado, por causa de uma obra de Hundertwasser.

Esta Floresta Espiral é um edifício residencial com 105 apartamentos, e como o próprio nome sugere, foi erguido com a forma de uma espiral. O telhado do edifício de 12 andares, feito com betão reciclado, foi plantado com faias, bordos e tílias, transmitindo a ideia de uma floresta.

As formas revolucionárias, coloridas e irregulares que influenciaram a arquitectura do famoso Friedensreich Hundertwasser são apresentadas aqui com todo o seu esplendor.

No jardim interior do edifício existe um parque infantil e um pequeno riacho artificial repleto de peixes.

Por mera curiosidade, como Hundertwasser morreu em Fevereiro de 2000, não chegou a ver a conclusão do edifício, a qual ocorreu alguns meses depois.

Anúncios

2 thoughts on “A Floresta espiral…

    • Sim, as obras de Friedensreich Hundertwasser, nas suas varias vertentes, são sempre muito sui generis, peculiares e com uma profunda consciência de procura de simbiose com a Natureza. A temática do meio ambiente é sempre uma componente muito forte em tudo o que ele fazia. Eu adoro a irreverencia e o colorido das suas obras.

      Beijinhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s