O Oktoberfest 2012

O Oktoberfest 2012 começou este fim-de-semana em Munique, e Theresienwiese encheu-se uma vez mais de uma enorme multidão.

Costuma-se dizer que casamento molhado, casamento abençoado, espero que tal máxima também se aplique ao Oktoberfest, que começou com bastante chuva…

Seria impossível ficar indiferente a esse facto e não o mencionar aqui.

Mas por outro lado, não quero cair na tentação de me repetir ao abordar um tema, que foi tão exaustivamente aqui mencionado no ano transacto.

Assim este artigo serve essencialmente para facultar algumas informações actuais e pertinentes.

Este é o programa do Oktoberfest com os principais eventos a decorrerem durante o festival, ou seja entre 22 de Setembro e 7 de Outubro:

Para quem visitar o Oktoberfest, há alguns horários que convém ter em consideração:

  • Durante os dias de semana é servida cerveja entre as 10:00 e as 22:30, enquanto que aos sábados, domingos e feriados, começa uma hora mais cedo, ou seja entre as 9:00 e as 22:30.
  • As tendas fecham as suas portas às 23:30. As tendas “Käfer Wiesn-Schänke” e “Weinzelt” estão abertas até à 1:00 da manha, e a ultima chamada para álcool é à 00:15.

Aqui encontram informações acerca das tendas de cerveja do Oktoberfest.

A entrada no recinto do festival é livre não sendo sujeita ao pagamento de nenhum valor.

Convém no entanto referir que a entrada das tendas pode ser interdita, caso a tenda já se encontre lotada. Caso queira evitar que tal lhe possa acontecer, convém reservar previamente o seu lugar para o horário desejado na tenda pretendida, e para tal tem que se contactar a própria tenda (em geral cada uma tem o seu site onde é possível efectuar a reserva).

Também não é vedado o acesso das crianças às tendas mas caso estas tenham menos de 6 anos, tem que abandonar às tendas até às 20h, mesmo que naturalmente estejam acompanhadas por adultos.

Num festival de cerveja é relevante referir também que a cerveja é servida em canecas de 1 Litro, denominadas de Maß, e que este ano as mesmas custam entre 9,10€ e 9,50€ dependendo da tenda. Mas não se preocupem que as tendas não vendem apenas cerveja mas também comida e outras bebidas.

Não é permitido fumar dentro das tendas, pois a Baviera possui uma lei anti-fumo que interdita o fumo em todos os tipos de bares, pubs e restaurantes, e que se estende necessariamente às tendas de cerveja.

Caso queiram “vestir-se” a preceito para o festival as palavras de ordem são o Dirndl (traje feminino) e as Lederhosen (tipicos calções em pele usados em geral pelo sexo masculino). Para ficarem com uma melhor ideia da diversidade de opções e o quanto a moda não é descurada, basta espreitarem a Angermaier, para entrarem num mundo inacreditável e deslumbrante.

Termino este artigo deixando referencia para os artigos do ano transacto sobre este tema, onde encontrarão informações mais aprofundadas sobre o assunto.

17 thoughts on “O Oktoberfest 2012

  1. Oi Turista!!
    Ta ai um lugar que eu ainda quero ir nessa vida.. Oktoberfest.
    Sempre tive curiosidade em saber mais sobre como era a festa em Munique.. mas essa história de vender chopp de 1 litro, meeeeu deus! Não vendem em tamanhos reduzidos não?

    Adorei o post!! =)

    • Olá Bruna!
      Pois, o tamanho standard das canecas de cerveja durante o Oktoberfest é mesmo a Maß, ou seja, 1 litro.
      Não são vendidos em outros tamanhos. Mas é possível adquirir outras bebidas no Oktoberfest. Este ano por uma questão de segurança foi proibida a venda de garrafas de vidro de bebidas, pois estas ao partirem os vidros remanesciam no chão podendo provocar “estragos” nos visitantes.

      Para aproveitar o Oktoberfest ao máximo eu recomendo vivamente o primeiro fim-de-semana dadas os eventos de abertura no sábado e no domingo. Mas também admito que talvez seja o fim-de-semana mais concorrido, e talvez haja demasiada multidão a povoar Theresienwiese.

      E em dias assim concorridos só mesmo com reserva se consegue uma mesa nas grandes tendas do Festival.

      Por isso quando quiser visitar o Oktoberfest mais vale tomar esses factores em consideração, e programar com muita antecedencia o que prefere fazer. (Os Hoteis podem mesmo triplicar o valor da diária, e esgotam com facilidade. Este ano vi mesmo anúncios em que procuravam pessoas que tivessem em suas casas quartos disponíveis que pudessem alugar, por um valor diário que rondava os 80€)

      Beijinho

  2. Oi Turista!!
    Época boa para visitar uma determinada é quando tem uma festa popular. Deve ser bem animado. Aqui no Brasil também temos uma Oktoberfast em Santa Catarina que é onde tem a maior colônia alemã. Nunca fui, mas quem vai adora e volta sempre.
    O post está muito detalhado. Bastante informativo para quem pretende visitar a Alemanha em outubro.
    Beijo
    Claudia

    • Olá Claudia!

      Realmente visitar um país e uma cidade na altura das suas principais festividades, pode ser a melhor forma de ficar a conhecer a cidade e os seus costumes.

      Sim, já ouvi dizer que há um Oktoberfest no Brasil e há mesmo quem tenha dito que é melhor que o de Munique. Quanto a isso eu coloco sérias reservas, porque o original é mesmo o de cá e move no sentido literal da palavra multidões.

      Beijinhos

      • Turista,

        Sei que a original é a de Munique e imagino que seja a melhor exatamente pela originalidade. Sabe que nunca estive na de Santa Catarina? Preciso conhecer. Mas, prefiro conhecer a de Munique. rs
        Bj
        Claudia

      • Pois, sou suspeita porque não conheço também a de Santa Catarina, mas no seu lugar tb preferiria a de Munique. E pelo pouco que conheço de si, entre as tendas grandes de cerveja, acho que preferiria o ambiente da do Hippodrom.
        Beijinho

  3. Cara “Turista”

    Um artigo muito informativo para quem pretenda tomar parte, na maior festa de tradição Germânica. Uma festa, na qual, reinará a alegria e boa disposição.

    Lembro-me dos artigos da “Turista”, sobre este assunto, narrados o ano transacto.

    Lembro-me, também, ter dito que tudo faria para a conhecer in loco.

    No entanto, devido a compromissos, ficou, mais uma vez, adiado.

    Beijinho

    • Boa tarde Cara Executiva!

      O objectivo deste artigo foi realmente ser informativo acerca da festa rainha de Munique.

      Lembro-me perfeitamente de ter manifestado o seu desejo de visitar Munique durante o Oktoberfest, mas pelo que deduzo tal não se realizou nem se vai realizar este ano. espero que o possa fazer num próximo ano.

      Beijinho

  4. Querida Turista:
    Ontem não recebi a comunicação do seu post, mas vou muito a tempo de lhe dizer que esta é a festa em que imagino o povo alemão alegre e bem disposto. Nos outros dias devem ser demasiado sérios…
    Mas tudo bem explicado, dá para organizar um esquema para todos os gostos.
    Beijinho.

    • Olá!
      Estranho, não ter recebido um email de aviso de novo post. Por vezes isso também me acontece, não percebo é porque.

      O povo alemão é menos expansivo e mais introvertido que o português, mas não é sorumbático. Sabem aproveitar a vida e divertir-se bem.

      Eu gosto bastante de visitar o Oktoberfest e outras festividades que decorrem ao longo do ano em Munique.

      Beijinhos

  5. Ano que vem estarei aí…
    Vou dar uma boa rodada pela Bavária e pegar um dia de Oktoberfest , apesar de não beber.. Acho q ue serei o único, hehehe.

    Além da festa e dos pontos tradicionais de turismo, o que você recomenda pra ver/fazer em Munique? Algo que a população da cidade goste, pq duvido que eles fiquem vendo a Marienplatz todo dia, hehe.

    Uma outra coisa que gostaria muito de fazer é ver um jogo do meu Bayern na Allianz Arena, e pra isso terei que dar um jeito de comprar ingresso (se tiver jogo na época) quando começarem as vendas da próxima temporada. Você sabe como fazer isso? Fora dessa época vejo sites que vendem ingresso por 90 euro cada… Assim complica…

    Parabens pelo blog, está sendo extremamente útil na montagem do meu roteiro bávaro-italiano

    • Bom dia Mauro!

      Claro que Munique não se resume a Oktoberfest e a Marienplatz. Munique tem muito para visitar e que se pode fazer em qualquer altura do ano.
      Talvez os primeiros locais que lhe sugerissem além dos já mencionados, sejam:
      – O Olympia Park e o BMW Welt que fica nas suas imediações;
      – ao nível de castelos e palácios a München Residenz e o Palácio e Park de Nymphenburg
      – um pouco mais da cultura popular do género da Oktoberfest, no salão de festas da Hofbräuhaus, com um programa diário animado;
      – ao nível de museus a oferta é muito vasta, dependendo se aprecia mais um museu técnico como o Deutsches Museum, ou arte antiga, moderna, ou contemporanea nas Pinakothekas;
      – espreitei o seu blog e vi que era um professor de canto, pelo que talvez tenha interesse em assistir a uma opera na Bayerisches Staatsoper, ou a um concerto no Gasteig que alberga a Filarmónica de Munique;
      – O site München Ticket, é o local central onde poderá adquirir online bilhetes para os diversos eventos que decorrem em Munique;

      Quanto a assistir a um jogo na Allianz Arena, eu admito que como não sou fã de futebol nunca assisti a nenhum, mas neste site poderá adquirir com a devida antecedência bilhetes para assistir a um jogo do FC Bayern (por exemplo hoje já só existem bilhetes disponíveis no site para o jogo a realizar-se a 5 de Dezembro para a Champions League)

      Espero ter ajudado e caso pretenda outros esclarecimentos ou sugestões não hesite em solicitá-los.

      • Com certeza, o número de atrações em Munique é enorme, e a estrutura para receber o turista e de transporte me deixou de boca aberta durante minha pesquisa, mas me refiro a lugares que não são muito comentados, aqueles que estão fora dos guias e sites de turismo. Tem algo que você recomende?

        E falando na Oktoberfest, você sabe os preços para entrar nos brinquedos?

        Muito obrigado:)

        PS: Os concertos e eventos me interessam bastante, espero que a agenda esteja recheada ano que vem.

      • Boa tarde Mauro!

        Não sei quais os guias e sites de turismo que visitou, mas suponho que Munique está muito bem “explorada/documentada” nesses locais, e seguramente os mais interessantes e que lhe sugiro estarão lá.
        É bem mais plausível que locais menos explorados em termos turísticos se encontrem fora do centro de Munique, na Baviera, ou que os desconhecendo passem despercebidos numa pesquisa. Por exemplo o castelo mais do que emblemático, e quase uma visita obrigatória a quem visite a Baviera, o Castelo de Neuschwanstein, é um dos 3 castelos do Rei Ludwig II da Baviera, e eu sempre que o visito aproveito a oportunidade para conciliar a visita a uma igreja de peregrinação, a Wieskirche, e a outro dos seus castelos, o Palácio de Linderhof. O outro desses três castelos fica na maior ilha do Chiemsee e foi baseado no Castelo de Versalhes – o Castelo de Herrenchiemsee.

        Por exemplo, não sei qual será o seu meio de transporte na viagem entre a Baviera e a Itália, mas se por acaso passar no percurso perto de Innsbruck na Áustria, o museu da Swarovski, o Kristallwelten, em Wattens é outro dos locais que lhe recomendo vivamente. O museu é deveras interessante e não digo isto por apreciar a marca mas porque aprecio obras de arte, e a capacidade de pensarem fora da norma, como o é este museu. (Para saber um pouco mais sobre este museu, também pode espreitar este e os artigos seguintes que escrevi sobre o mesmo)

        Os preços para andar nos divertimentos variam de divertimento para divertimento, mas rondam os 3,5€ ou mais, cada volta por adulto.

        A agenda de concertos e eventos está sempre recheada em Munique. Acho que a esse nível o período mais “morto” é mesmo o do verão, em especial em Agosto. Em contrapartida caso a sua visita fosse em Agosto, o que não será o caso, havia um lugar que penso que adoraria, em especial se apreciar as óperas de Wagner. Refiro-me ao Bayreuther Festspiele, e ao festival que se realiza todos os anos e que em 2013 será entre 25 de Julho e 28 de Agosto.

      • Infelizmente não vai dar pra ver tudo, mas o que vou ver quero ver bem,

        Quando comecei a pensar na viagem o roteiro ia até Baden Baden, Freiburg, Lindau, passava em Bamberg, Wurzburg, Augsburg, etc. até Viena queria encaixar. Aquela vontade que a gente tem de fazer tudo, hehe.
        Mas não é possível, e eu vou conhecer, além de Munique, Nuremberg (aliás, vc sabe se o outlet da Adidas em Herzogenarauch compensa?), Rothenburg ob der Tauber, Neuschwasntein e Linderhof, Zugspitze (deve ser espetacular), Berchtesgaden e Schonau am Konigssee (se der tempo uma passada em Ramsau) e já dou um pulo em Salzburg e na eisriesenwelt em Werfen.

        Pra Itália vou de trem direto pra Verona, mas não vai dar tempo de parar em Innsbruck.

      • Um Outlet que eu sei que compensa visitar e bastante, é o da Ingolstadt Village (que actualmente não tem a Adidas, mas tem a Nike, a Asics, a Billabong, isto só mencionando algumas das marcas desportivas, mas a diversidade e a qualidade é enorme além do local ser encantador). E Ingolstadt fica a meio caminho entre Munique e Nuremberga, e é também a sede da Audi, pelo que se gosta de Museus de Automóveis, o Audi Forum está muito bem conseguido.

        Rothenburg od der Tauber é uma encantadora cidade medieval, e se gosta muito do Natal, então vai adorar, porque dizem que com o seu museu do Natal e a loja da Käthe Wohlfahrt
        , vive-se lá o Natal o ano inteiro.

        Em Berchtesgaden presumo que além do lago irá visitar o Ninho da Águia, a casa de Montanha que foi oferecida a Hitler, e que num dia límpido permite uma vista magnífica sobre a região.
        Sim, o Zugspitze é espetacular e pode subir lá acima através do lado alemão ou do austríaco. Mas apesar do custo ser superior do lado alemão, penso que compensa porque permite o acesso aos dois patamares e ao uso não apenas do funicular mas também do comboio.

      • Vou ver se da pra parar em Ingolstadt ou na fábrica da Adidas em Herzogenarauch. Li que tem boas promoções lá.

        Rothenburg, pelo que li no seu último post já deve ter bastante coisa de natal no final de setembro. Bom que dou uma caprichada na árvore pra 2013. Mas quero mesmo ver a muralha e a parte medieval.

        Em Berchtesgaden quero ir até o Obersee, as fotos de lá são fantásticas. O Jenner e o Ninho da Águia não sei se vou, só se não der pra subir o Zugspitze, pra variar o passeio um pouco, hehe.

        Agora, tem uma cidadezinha na Áustria, Hallstadt http://wonderfull-tourism.blogspot.com.br/2011/02/hallstatt-austria.html, não sei se vc já foi, mas parece coisa de cinema. E fica próximo a Salzburg, se der tempo passarei por lá.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s