Nördlingen muitos outros locais a visitar…

Após um artigo exclusivamente dedicado à Igreja de S. Jorge, porque como principal exlibris da cidade achei que tal se justificava, ao sair desta, o passeio exploratório pela cidade continuou.

A seguir ao principal edifício religioso, passei por aquele que deve ser principal edifício do foro administrativo/executivo da cidade, pois trata-se do edifício da Câmara Municipal (Rathaus) (2).

“Steinhaus zu Nördlingen” (casa de pedra) é à mais de 600 anos a Câmara Municipal da cidade.

Em 1307 esta casa  no centro da cidade estava na posse dos Condes de Oettingen, que consideravam a cidade, a sua cidade natal. Mas em 1313 eles venderam a propriedade ao mosteiro cisterciense de Heilsbronn. A cidade de Nördlingen arrendou a propriedade em 1382 e a partir de 1525 tornou-se plena proprietária do edifício. Desde 1382 até hoje, o edifício é usado como a Câmara Municipal da cidade. O edifício originalmente de dois andares, expandiu-se e ficou com mais um andar em 1499/1500. Em 1509, o arquiteto Stephan Weyrer ergueu a fachada da janela saliente e a  denominada torre do tesouro.

Em 1618 Wolfgang Walberger construiu a artística e atractiva escada exterior em suevito-haustein. Nesta podem-se encontrar formas ornamentais de Vesica piscis (rendilhado do gótico tardio, que lembra a forma da bexiga de um peixe e que tem por base círculos com o mesmo raio que se interceptam) em simultaneo com motivos em relevo do renascimento francês

Por baixo do patamar da escada ficam as antigas e actualmente inacessíveis, celas sem janelas. O  tolo em relevo, com a inscrição “NUN SIND UNSER ZWEY” (agora é o nosso dois), lembra o local da ex-prisão.

A Leihhaus (casa de penhores) (3) localizada em frente à Rathaus, é actualmente o posto de turismo e de informações da cidade. Este edifício foi construído em 1522 como chancelaria  e balança da cidade. Entre 1851 e 1873 tornou-se a casa de penhores da cidade, e mais tarde funcionou como uma creche. Actualmente é um edifício adminitrativo, e como já referido, o posto de informações  turísticas da cidade

 Passear pelas ruas do centro histórico de uma cidade, principalmente quando esta é tao globalmente encantadora, é muito agradável, e algo imprescindível, até chegar ao próximo local que merece uma paragem contemplativa.

Mais do que o edifício em si, foi a porta do Landkreis Donau – Ries (edifício do distrito administrativo) o que me chamou atenção ao passar por ela.

Mas foi o Klösterle (6) (pequeno claustro), que realmente me fez parar para apreciar convenientemente o edifício e a muito original fonte em frente a ele.

O homónimo do actual “Klösterle” foi mencionado pela primeira vez em 1243, como o claustro dos religiosos descalços que durante a reforma foi abolido. Em 1287 a igreja foi consagrada. A reconstrução entre 1585-1586 pelo arquiteto da cidade Wolfgang Walberger numa casa de grão é considerado como um dos mais importantes monumentos da arquitetura renascentista na Alemanha. O portal sul de 1586 é considerado um dos destaques da época.
Em 1977, o edifício foi convertido num salão cultural da cidade, com uma grande sala para reuniões e um restaurante.

A fonte certamente moderna, despertou-me particular interesse e atenção pois achei-a muito original composta por uma roldana na base, um funil de grandes dimensões e 3 formas de bolos de tipos diferentes que o atravessam obliqua e transversalmente. Denominada de fonte Tändelmarkt é conhecida por motivo óbvios de Fonte Dr. Oetker.

O local de paragem seguinte foi o Neumühle (11), o novo moinho com roda de agua sub-axial.

Perto da abertura na muralha para o canal do Eger, era possível sair da cidade, tratando-se de um ponto fraco na defesa da cidade. Era com esse objectivo de defesa e protecção que servia a torre de água inferior – Unterer Wasserturm (32).

O passeio pela cidade continuou pelas ruas perto da muralha, e continuei a apreciar as casas típicas..

Não visitei o seu interior mas passei em frente ao museu municipal – Stadtmuseum (9). No museu pode-se encontrar uma colecção de artigos pré-históricos e do início histórico, bem como outras peças que ilustram a pintura de painel do gótico tardio, a história da cidade e da arte.

Junto ao Stadtmuseum fica o grande Spital (8) com a sua igreja, um centro de cuidado geriátrico e os seus armazens. Foi construído no século XIII e originalmente usado como a casa municipal para o cuidado dos doentes, velhos e pobres.

No percurso até local que foi o último a descobrir durante a visita à cidade, perto do que foi o ponto de partida, ainda me deslumbrei com uns quantos edifícios pelo caminho.

E o ultimo local que apreciei foi o do massiço Hallgebaude (24). O edifício construído entre 1541-1543 serviu para armazenar sal e vinho, compra de grãos, e comércio.

O imponente edifício de três andares desde 1549 possuia o escritório do tesoureiro da cidade.
No início do século XIX o edifício tornou-se propriedade do Estado e serviu como escritório das portagens reais da Baviera e armazem. Desde 1873, o edifício tornou-se uma vez mais, propriedade urbana, e foi usado como uma escola. Actualmente a escola primária do centro está no edifício e no andar térreo encontram-se alojados os arquivos municipais.

8 thoughts on “Nördlingen muitos outros locais a visitar…

  1. Querida Turista:
    Nordlingen é de facto muito atractiva. Fui percorrendo consigo as ruas cheias de casas típicas, tão bonitas e características. A fotografia do moinho e do riacho está muito romântica e encantadora. Dá vontade de ficar “pendurada” a olhar! E tudo muito limpo e estimado. Achei também piada à partilha do edíficio entre escola primária e o arquivo municipal.
    Boa semana para si e para os seus, em especial para o seu “três palmos”. Beijinho.

    • Bom dia!

      Antes de mais quero agradecer-lhe imenso pelo email que me enviou, foi muito atencioso da sua parte.
      Nördlingen é uma cidade muito encantadora e sem dúvida alguma muito interessante do ponto de vista turístico. Presumo é que não é tão conhecida extra-fronteiras como o é Rothenburg ob der Tauber por exemplo, ambas gozando do mesmo estilo. Mas admito que Rothenburg ob der Tauber efectivamente talvez tenha ainda mais para visitar.

      Sem dúvida alguma que a Cidade convida a contempla-la sem pressa e a desfrutar de uns bons momentos e muito aprazíveis sem a agitação típica das grandes cidades.

      Beijinhos e uma vez mais muito obrigada pelo seu cuidado para com o meu “três palmos”

  2. Olá
    Como começou mencionando a Igreja de S. Jorge, na qual tinha ficado a pensar e contextualizar a importância que aí lhe foi atribuída, não só na época medieval mas durante os séculos seguin tes,fixei-me sobre a identidade de S. Jorge, que é padroeiro de vários países, incluindo Portugal, e o que teria a ver com protecção na guerra. Na batalha de Aljubarrota os soldados comandados por D. Nuno A. Pereira , no auge da batalha, gritavam por ele…
    Então descobri que foi um militar romano, natural da Turquia – Médio Oriente – que viveu no séc.III e foi mandado degolar pelo imperador Diocliciano em 303 d.C., não só por ser cristão mas por ter afrontado o seu poder e dos seus deuses pagãos, sempre em nome de Cristo.
    Nordlinger fez parte do Império Romano do Oriente e a tradição oral se deve ter encarregue de eternizar o poder miraculoso do santo em favor dos espoliados… Houve terra invasão, tanta guerra com o desmembramento do império e as sucessivas vagas de invasões bárbaras…
    Não há dúvida que não há nada melhor que gente agradecida…
    Os atractivos da cidade são genuínos na sua simplicidade e conservação da tradição.
    Beijinhos

    • Boa tarde!

      Muito do que referiu em relação a S. Jorge, desconhecia de todo, mas também admito que não procurei, apesar de ter ficado curiosa. Assim muito obrigada pelos seus esclarecimentos.

      Gostei da sua ultima frase porque resume bem a cidade ao referi-la como genuína na sua simplicidade e conservação da tradição.

      Beijinhos

  3. Cara “Turista”

    Os diversos artigos abordados pela “Turista”, sobre Nordlingen, retratam bem o quanto esta cidade é repleta de atrações turísticas. O artigo de hoje, é mais um exemplo disso.

    Se me permite, gostaria de dizer : Viajei com a “Turista”, fiquei a conhecer “Nordlingen” e, concluí, que se trata de uma cidade pacata, romantica e possuidora de uma belíssima arquitetura.

    A “Turista” é uma excelente guia!

    Parabéns!

    Beijinho.

    • Cara Executiva,
      gostei bastante do seu elogio ao considerar-me uma excelente guia. Muito obrigada.

      Ainda bem que com os meus artigos sobre Nördlingen consegui passar um pouco a ideia de como o centro histórico da cidade é, pois efectivamente ela é mesmo muito encantadora e interessante do ponto de vista turístico.

      Beijinhos

  4. Bom dia, cara turista!
    Peço desde já desculpa por um lapso cometido na 5ª linha a contar do fim:em vez de “Houve terra invasão” deveria estar “houve tanta invasão”… Como sabe, na época de declínio do império, acossado com a entrada de bárbaros por todos os lados e com a perturbação causada pelos cristãos, cada vez em maior número, mais convictos e mais ousados…
    A minha curiosidade quanto à devoção deste santo nesse lugar, em nada desmerece o encanto da cidade nem a qualidade da observação e descrição da turista, bem como o seu olho clínico para captar pormenores que passariam despercebidos a muitos. Parabéns.
    Todos os que têm dito que possui óptimas capacidades de guia turística, estão cheios de razão!
    Beijinhos

    • Boa tarde!

      Muito obrigada pelo seu comentário tão simpático e elogioso em relação ao meu artigo.
      É sempre muito agradável ficar a conhecer algo que desconhecia e os seus comentários também, por vezes também são uma fonte de informações, pelo que muito obrigada também por isso.
      Beijinhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s