No Bodensee, uma ilha chamada Lindau

O Bodensee, ou também conhecido como lago Constança, é um lago situado simultaneamente na Alemanha, Suiça e Áustria perto dos Alpes, e que é considerado o maior lago alemão e austríaco com uma área média de cerca de 541 km² (o maior lago Suíço e Francês é o lago Léman, respectivamente com 581km²).

A cidade de Lindau, é certamente uma das mais interessantes cidades alemãs banhadas pelo Bodensee, e que por incrível que pareça, pertence ao estado da Baviera.

Eu digo por incrível que pareça, porque a região alemã banhada pelo Bodensee pertence maioritariamente ao estado de Baden Würtemberg. Digo certamente, porque ainda não conheço todas as cidades alemãs que são banhadas pelo lago, pelo que a minha opinião não é muito fundamentada.

A cidade alemã de Constança também é particularmente interessante, e aliás foi esta que cedeu o seu nome ao lago, na tradução deste para vários idiomas.

O Lindau é uma das três maiores ilhas do lago, sendo as outras Mainau (a ilha das flores) e Reichenau, todas pertencentes à Alemanha e todas com uma estrada que as une ao “continente”, pelo que não é necessário usar como meio de transporte o barco para chegar às mesmas.

Um dos mapas que encontrei da cidade de Lindau foi este, mas os locais assinalados são sobretudo de lazer, possuindo apenas algumas das principais atracções turísticas identificadas por números:

  1. Bayerischer Hof Lindau (Hotel 5 estrelas)
  2. Forum am See (Centro cultural e de conferencias)
  3. Igreja de S. Pedro (Peterskirche)
  4. Antiga Câmara Municipal (Altes Rathaus)
  5. Torre dos Ladrões (Diebsturm)
  6. Museu da cidade – Haus zum Cavazzen
  7. Hotel Helvetia
  8. Restaurante Valentin
  9. Bar Seegarten
  10. Marmorsaal (café, bar, club)
  11. Casino de Lindau

Um dos primeiros locais que visitei na cidade foi a Igreja de St. Estevão na Praça do Mercado (Marktplatz), no mapa, também entre a Schmiedgasse e a Kirchplatz.

As partes mais antigas desta igreja, como a base da torre e a parede sul do coro remontam à época românica. Construída em 1180, a igreja paroquial é nomeada após o primeiro mártir da Igreja Cristã: Sto. Estêvão.

No final da Idade Média (1500), o edifício foi ampliado, e recebeu a sua aparência actual. O interior luminoso passou por uma transformação em 1781 no estilo rococó. O altar, a pia batismal e o púlpito foram adicionados nessa altura, todos formados de estuque de mármore avermelhado e decorados a dourado.

Trata-se da primeira igreja protestante durante a Reforma em 1528

O gesso, subtilmente ornamentado é encontrado no cofre e nas paredes laterais. Tem particular relevancia o epitáfio de alto barroco no coro, o monumento do túmulo de Valentin  Heider natural de Lindau (em 1655 ele criou o famoso Festival das Crianças,  de Lindau). O escultor de Constança, Christoph Daniel Schenck, criou a peça no século XVII.

Os coloridos vitrais com motivos bíblicos foram criados por Adolf Kleemann em 1965. Os bancos de madeira áspera e a ornamentação do órgãos, em contrapartida, tem mais de  200 anos de idade.

Ao lado desta igreja protestante, a partilhar as atenções na Praça do Mercado, encontra-se a igreja católica de Nossa Querida Senhora (Münster Unserer Lieben Frau). Também é conhecida como a Igreja de St. Maria ou Igreja Colegial (St. Marien ou Stiftskirche)

As origens da Catedral remontam ao ano 810. Há 1000 anos, que é era a igreja colegial canónica de Lindau.
Após o grande incêndio de 1728, a igreja foi reconstruida entre 1748-1752  pelo arquiteto barroco Johann Caspar Bagnato, resultando no edifício que se pode apreciar actualmente.

A igreja é ricamente adornada com estuque branco, frescos coloridos e esculturas no estilo rococó. As pinturas no tecto da nave mostram a Virgem da Assunção, e o retábulo do altar-mor, a Adoração dos Reis Magos.

A igreja tem dois órgãos: o órgão grande na galeria oeste que remonta a 1926 e órgão de Santa Maria, de 1993, que está localizado lateralmente na galeria.

Ainda na praça, mas em frente a estas duas igrejas encontra-se o Museu Municipal, na “Haus zum Cavazzen”, certamente um dos mais bonitos antigos edifícios residenciais do Bodensee. A casa foi reconstruida pelo construtor Grubermann de Teufen para a família patrícia de Lindau, Seutter von Loetzen, depois de um incêndio na cidade em 1729/30 que atingiu a antiga habitação, sendo conhecida popularmente como a Casa para Cavazzen.

O nome “Cavazzen” pode ser derivado a partir da família de comerciantes da Lombardia  desde o Cavazzo, até ao século XVI, que é detectável em Lindau ​​e, portanto, refere-se provavelmente a um antecessor medieval.

Esta antiga residência possui fachadas pintadas verdadeiramente impressionantes.

Desde 1929 alberga o museu municipal de Lindau, onde, entre outras exposições, se encontra em exibição uma colecção de pinturas e esculturas dos século XV ao XVIII. Nesta é famosa a “Lamentação Lindauer” (de cerca de 1420) e a extensa colecção de arte e artesanato em vidro, porcelana, cerâmica e estanho, juntamente com peças de mobiliário de quinta, assim como uma colecção de brinquedos histórico. A “Colecção Frederick William Kalina” composta por mais de 60 instrumentos musicais mecânicos, incluindo realejos históricos, bonecos dançantes, flautas e orquestriões com pequenos sinos, é igualmente bastante interessante.

Depois de explorar os principais focos de interesse na Praça do Mercado a visita a Lindau continuou, mas tal será abordado no próximo artigo.

6 thoughts on “No Bodensee, uma ilha chamada Lindau

  1. Querida Turista:
    Uma beleza, este post. A igreja de Santo Estevão é linda,apreciei muito aquele nicho barroco onde está o orgão. Até nem parece possuir aquela austeridade das igrejas protestantes. A Igreja de Santa Maria é um espanto, luminosa, branca e com muitas pinturas murais. O Museu Municipal tem as fachadas pintadas muito bem conservadas, pelo que se vê nas fotos. Fiquei de orelha arrebitada por conter colecções que adoro conhecer: brinquedos históricos e instrumentos musicais históricos. Será que visitou? Vamos esperar pelo próximo post.
    Beijinho.

    • Olá, bom dia!

      Lindau tem locais muito interessantes e bem preservados. É uma cidade encantadora e com uma localização fantástica no lago Bodensee.

      Esclareço já a sua curiosidade, não visitei o Museu da cidade apesar de ter ponderado fazê-lo, pois dei prioridade a explorar a cidade em si, enquanto pude, já que o dia prometia e cumpriu, chuva ao fim da tarde.

      Beijinhos

  2. Cara “Turista”

    O artigo da “Turista” dá a conhecer uma linda cidade, localizada no lago Bodense.

    O interior da Igreja de Santo Estevão, conforme a “Turista” refere, é rica em gesso, muito decorativo, tornando-a de uma certa leveza e paz interior aos seus visitantes. Os vitrais manteem um colorido sóbrio, bem inseridos na decoração desta linda Igreja.

    A Igreja de Nossa Querida Senhora ou de Santa Maria, prima pela brancura, pelo intenso colorido de sua decoração. As pinturas do tecto da Virgem de Assunção, de enorme perfeição, prendem a atenção de todos quantos a visitam. Adorei!

    O orgão de uma Igreja, em geral, fica por cima da porta de entrada/saída, oposto ao altar. É impossível deixar de ser visto. Por esta razão, sempre que entro numa igreja, pela primeira vez, não deixo de o admirar, quer seja simples, ou sumptuoso.

    O Museu Municipal bem colorido pelas suas fachadas pintadas, é impossível não parar para o contemplar e apreciar.

    Beijinho.

    • Boa noite cara Executiva!

      Lindau é sem duvida alguma uma cidade bonita e acolhedora.

      Em relação às igrejas mencionadas neste artigo eu achei particularmente interessante o facto de estarem tão próximas, cada uma com o seu estilo, uma protestante e outra católica, a subsistirem e partilharem tão pacificamente a mesma praça.

      Quanto ao edifício do Museu Municipal, é simplesmente impossível ficar indiferente ao mesmo estando na Praça do Mercado, com as suas paredes pintadas repletas de ilusões de óptica.

      Beijinhos

    • Bom dia Claudia!

      O mundo é mesmo muito grande e a Claudia já conhece uma grande porção do mesmo.
      Lindau é um cantinho na Alemanha fantásticamente localizado no Bodensee.
      Fico contente em saber que consegue viajar com os meus artigos.

      Beijinhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s