Em Lindau, entre a ilha e o lago

Na Alemanha é bastante frequente, encontrar as fachadas dos edifícios com magníficos motivos pintados, quer cobrindo totalmente as paredes exteriores, ou apenas parcialmente. A analogia que me ocorre fazer, é que é um pouco como em Portugal, que se encontram magníficos painéis de azulejos a cobrirem parcialmente ou totalmente as paredes dos edifícios.

Na Alemanha muitas vezes as pinturas tem como um dos principais objectivos criarem ilusoes ópticas, como criarem janelas, portas, escadas, pessoas, saliências e relevos, etc, onde a única coisa que existe efectivamente sao paredes direitas sem qualquer protuberância.

Passear pelas ruas de Lindau permitiu-me também apreciar esta arte estampada nas paredes dos edifícios, pois são vários que a possuem e muito bem preservada.

Mas foi quando vislumbrei o edifício da Antiga Câmara Municipal (Altes Rathaus) que fiquei realmente rendida e deslumbrada, pois era bastante colorido e cheio de motivos a povoarem as suas paredes, em contraste com a Nova Câmara Municipal (Neues Rathaus), toda de uma só tonalidade.

Construída entre 1422 e 1436 em estilo gótico, a Antiga Câmara Municipal é o edifício de maior prestígio na Maximilianstrasse. Em 1496 albergou uma dieta imperial (Reichstag) ou Parlamento.

Cem anos depois, o prédio passou por uma adaptação ao estilo renascentista.

Na parte da frente, uma escada leva ao espaço coberto chamado Janela Saliente do Arauto. O estranho nome vem do facto de que foi deste local que a Câmara Municipal informou o público sobre a nova regulamentação. Os motivos na janela saliente representam os Dez Mandamentos.

Actualmente o piso térreo acomoda a primeira biblioteca imperial com cerca de 23.000 livros valiosos além dos arquivos da cidade. Por trás da fachada histórica, no primeiro andar, está uma das mais bem preservadas salas góticas que se podem encontrar em qualquer lugar da região do Bodensee.

O edifício é impressionante de ambos os lados, e pelos seus valores interiores (mas estes últimos eu não tive oportunidade de ver).

Depois de apreciar intensivamente e ficar deslumbrada com o edifício da antiga Câmara Municipal, o passeio pela ilha de Lindau continuou em direcção à sua margem junto ao lago.

Convém esclarecer que a cidade não se circunscreve à Ilha, antes continua para além desta, do outro lado da ponte que liga a ilha ao continente, mas que é na ilha que se encontra o centro histórico da cidade.

E aqui que se encontra entrada do porto, que é o principal marco turístico da cidade, com o mundialmente famoso  novo farol e o leão da Baviera. Com 33 metros de altura o Novo Farol foi concluído em 1856. Nessa altura, o porto foi aumentado no decurso da abertura da linha de caminho de ferro da Baviera ‘norte-sul. É ligado à ilha por um quebra-mar e pode ser subido por uma escada em espiral de madeira com um total de 139 degraus.

Desta área tem-se uma vista deslumbrante sobre o lago e os Alpes em frente.

Do lado oposto, em frente, encontra-se o antigo Farol – o Mangturm inserido na paisagem da avenida em frente ao porto. Fez parte das fortificações da cidade antiga, e encontrava-se na extremidade da muralha da cidade. Foi  construído por volta de 1200 como um farol e possui 37m de altura. Mas o seu colorido telhado data do século XIX.

Sem duvida um porto envolvente e pacífico…

8 thoughts on “Em Lindau, entre a ilha e o lago

  1. Cara “Turista”

    Após leitura do artigo, de hoje, constato uma diferença abismal, entre a Antiga Câmara Municipal e a Nova.

    A Antiga Câmara Municipal, é um tesouro. As suas preciosas fachadas, fascinam qualquer cidadão que passe junto dela. Um pormenor muito interessante, o da escada de madeira, e o que ela representou no passado. Os relógios, o barco, etc., toda a sua decoração, é uma obra de arte.

    Em relação à Nova Câmara Municipal, as suas fachadas são muito mais simples e desprovidas de encanto.

    Através da foto em que se vê o novo Farol, o famoso leão, símbolo da baviera, vislumbra-se uma magnífica paisagem.

    Beijinho.

    • Boa Noite cara Executiva!

      A antiga Câmara Municipal, faz mesmo o turista parar para descobrir e apreciar todos os motivos contidos nas suas paredes exteriores.

      Em muitos casos a Nova Câmara Municipal é maior e mais sumptuosa que a antiga, basta-se ver o exemplo de Munique em que ambas se encontram tambem na mesma praça, mas efectivamente esse não parece ter sido o caso em relação a Lindau.

      A paisagem avistada do porto é mesmo magnífica.

      Beijinhos

  2. Querida Turista:
    Sabe que estive em Lindau há muitos anos atrás. Almoçamos junto ao porto, creio eu. Mas vi agora pormenores através dos seus olhos dos quais não me recordo. Vê como é útil aqui vir? Adorei a Câmara Municipal antiga, é claro. Mas olhe que o farol também é belíssimo.
    Os azulejos portugueses não se podem comparar com essas pinturas, muito mais sofisticadas e destinadas a decorar ricamente a fachada das casas. Os azulejos eram principalmente destinados a proteger as fachadas, se bem que alguns ( de influência árabe) também fossem muito bonitos. Eu adoro azulejos.
    Beijinho.

    • Bom dia, muito bom dia!

      Eu quando me referi aos azulejos em Portugal referia-me a casos de verdadeiras obras de arte como no Porto por exemplo a capela das Almas em Santa Catarina ou a estação de São Bento. Mas percebo o que diz, os azulejos em Portugal tem uma função mais utilitária que decorativa. Suponho é que Portugal tem uma tradição mais do azulejo enquanto que a Alemanha tem uma tradição mais de pintura das paredes.

      A Antiga Câmara Municipal de Lindau não consegue mesmo passar despercebida nem perante os mais desatentos, pois o edifício sobressai perante os que o rodeiam.
      O Novo Farol é belíssimo mas mais do que isso, ele ao fazer par com o Leão da Baviera à entrada do Porto, proporciona um quadro fantástico com o cenário do lago e das montanhas por trás.

      Beijinhos

  3. Boa noite
    Fiquei maravilhada com o que vi e desconhecia de todo!
    Há uns bons anos fiz um cruzeiro, Reno acima,não me recordo bem se entramos em Constança ou Koblença e desembarcamos em Colónia, mesmo atrás da célebre catedral Gótica. A guia não se deu ao trabalho de falar do lago tão célebre e muito menos nas ilhas!
    Falou do rochedo Lorelei, das lendas que lhe estão associadas.
    Lindau é um encanto e creio que toda a zona do lago e regiões fronteiriças dada a localização. Será um lugar a explorar logo que Deus me dê oportunidade.
    Beijinho.

    • Boa noite!

      O Cruzeiro pelo Reno a que se refere muito provavelmente começou em Mainz, perto de Frankfurt, e ao subir o rio até Colónia passou por uma região maravilhosa cheia de Castelos onde se encontra também o rochedo Lorelei, a por Coblença. Já escrevi alguns artigos sobre essa região aqui e artigos seguintes.

      Constança fica na extremidade sul do país, no estado de Baden-Würtenberg.

      Sim, toda a região do Bodensee é mesmo encantadora e repleta de locais muito interessantes que sem dúvida alguma merecem ser visitados convenientemente, e Lindau é um óptimo exemplo disso mesmo.

      Beijinhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s