O Melhor do Ritter Rost

Este ultimo fim-de-semana foi bastante cultural sobretudo para o meu três palmos.

Não, não fomos à longa noite dos museus, porque essa ocorreu num horário impróprio para crianças e o programa infantil relacionado com a longa noite, também não, mas nesse caso por sobreposição de horário.

Já tinha comprado bilhetes com bastante antecedência, para assistir no dia 20,   Sábado, com o meu três palmos ao Musical do Ritter Rost (Cavaleiro Ferrugento): O Melhor de Ritter Rost em Revista, em comemoração de 10 anos da Produção Leuchtende Augen, com tournées do Ritter Rost.

O musical começou às 15:00 e com um intervalo acabou cerca das 16:45. Teve como palco o Circus Krone, onde eu já tinha estado uma vez, e dessa para assistir ao Ballet Revolution, um estilo bem diverso deste.

Este Musical do Ritter Rost é para “crianças” dos 4 aos 94 anos, e reúne alguns dos maiores êxitos de vários dos musicais do Ritter Rost, como o próprio placar publicitário indicia, fazendo referencia aos mesmos.

Os personagens neste musical são o Ritter Rost, o “valente” herói  a corajosa donzela Bö, o seu impertinente chapeu falante, Koks, o animado dragão, o fantasma do castelo assustado, icônico Paolo com as Pizzas Blitz (faisca)…

O resumo do musical refere que o Ritter Rost, Bö e Koks estão sentados na cozinha do castelo e conversar. O cavaleiro está orgulhoso do seu exame na escola dos cavaleiros perante o rei Bleifuss; Koks recorda com prazer, quando ele foi “assombrado” pelo fantasma e ambos depois de se assustarem mutuamente se divertiram bastante no castelo; Bö conta acerca dos biscoitos e do Paolo da Pizza Blitz; o chapeu balbucia acerca do “duelo” entre a Bö e o Koks sobre o Castelo de Ferro e o Ritter Rost fica uma vez mais a “apregoar uma dose de febre”, ao pensar em limpeza.

Antes mesmo de começar o musical, comprei mais um livro do Ritter Rost com cd musical, pois  meu três palmos “enamorou-se” imenso do ultimo livro da colecção: Ritter Rost e a Fada dos dentinhos.

Atendendo a que o Ritter Rost foi o tema de aniversário do meu três palmos, eu estava certa que ele iria gostar, e não me enganei minimamente, Durante o musical o meu três palmos manteve-se sempre muito atento, animado, divertido, e participativo.

Aliás, quando acabou o espectáculo, ele saiu do circo muito triste, pois o musical só teve uma pausa e ele queria ter continuado a assistir durante mais tempo.

Aqui podem encontrar as datas e locais por onde a tournée do Ritter Rost irá passar, com este ou outro musical.

Para quem esteja interessado em assistir a um dos próximos musicais para crianças no Circus Krone, os mesmos são no dia 4 de Novembro o do Simsala Grimm (informações sobre a tournée no site), e no dia 8 de Novembro o da Princesa Lillifee.

O musical da Princesa Lillifee também está em tournée e é possível assistir ao mesmo  noutras cidades da Alemanha, Áustria  e da Suiça. Mais informações acerca deste musical podem encontrar aqui.

Este foi o folheto do mesmo que me deram à saída do Circus Krone.

7 thoughts on “O Melhor do Ritter Rost

  1. Querida Turista:
    Ritter Rost, um musical que, segundo percebi, poderá ser continuado com mais aventuras. Criando fãs e estimulando o espéctaculo seguinte, seja ele quando for. Os artistas ficam agradecidos e os pequenitos também. E faz muito bem em proporcionar estes momentos ao seu três palmos, bem divertidos e enriquecedores.
    Beijinho e votos de boa semana.

    • Muito Bom dia!

      Os livros do Ritter Rost, são criados essencialmente com a premissa de se tratarem de musicais, por isso é que em geral são acompanhados pelos cd’s com as musicas que os mesmos possuem nas suas páginas.
      Este Musical em particular que assistimos no sábado reune êxitos de vários musicais, mas existem musicais que contam a historia apresentada em apenas um dos livros da colecção.

      O meu três palmos não se teria importado nada que depois deste musical tivesse começado logo outro de seguida, tal o interesse que tinha em continuar a assistir ao espectáculo quando ele acabou.

      Mas admito que fiquei bastante surpreendida pois no próprio dia do espectáculo ainda haviam imensos lugares livre e à venda, que não chegaram a ser preenchidos na sala.

      Beijinhos e uma óptima semana para si também

  2. Bom dia,cara Turista e três palmos!
    A ” fada mamã” foi certamente a narradora… e tradutora de todas as linguagens: sim, que interpretar chapéus falantes, dragões e fantasmas não é para todos. Viva a fantasia materna e a crença sem limites das crianças! Os personagens do CIRCUS KRONE tiveram certamente uma grande ajuda no diálogo travado entre mãe e filho: é sempre único, personalizado, insubstituível…
    Grande dia para o «Três Palmos», a complementar o seu aniversário.
    Que bom ter uma mamã terna, letrada e cuidadosa!
    Beijinhos para ambos.

    • Bom dia!

      O espectáculo não precisou minimamente de mim como narrador extra, pois o meu tres palmos percebia muito bem tudo o que se passava, e muitas vezes bem melhor do que eu.

      Para as crianças não existem impossibilidades pois a fantasia é ilimitada.

      O principal dialogo entre mim e o meu três palmos foi a convence-lo que o musical tinha terminado, pois ele queria continuar a assistir a mais partes, e não acreditava que só tivesse havido um intervalo, de tão deliciado e maravilhado que estava.

      Da-me imenso prazer proporcionar momentos assim agradáveis e divertidos ao meu três palmos. No computo geral, acabamos por nos divertir bastante os dois. É o melhor de tudo é que acabam por haver sempre morais e aprendizagens que se retiram deste tipo de espectáculos e histórias.

      Beijinhos

  3. Cara “Turista”

    Em virtude do tema do aniversário do 3 palmos da “Turista” ter sido as personagens do Ritter Rost, a alegria de assistir, in loco, à sua representação musical, foi o maior auge do dia.

    Devem ter-ser divertido imenso, pelo que deixa transparecer no seu artigo, e comentários posteriores.
    Creia, que mesmo adulta, adoro as brincadeiras e o sorriso franco das crianças, gostando de me juntar a elas, em alguns programas infantis.

    É de louvar os pais, como deixa transparecer que seja o seu caso, que se preocupam em proporcionar programas culturais interessantes e, também, didáticos para os seus filhos

    Beijinho.

  4. Pingback: Três dias depois… | Turista Ocasional

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s