Ludwig II

A época natalícia é uma das mais propícias para a estreia de muitos filmes no cinema.

Os filmes não têm que necessariamente estar subordinados ao tema das festas natalícias e/ou ano novo. Mas muitos recorrem a efemeridade dessa época, à fantasia, a temas leves e propícios a toda a família.

Talvez também por isso, no dia 26 de Dezembro, auge desta época natalícia, estreia na Alemanha um filme que combina os géneros biográfico, histórico e drama, baseado na vida do rei da Baviera, tantas vezes apelidado como o Rei Cisne ou Rei dos Contos de Fadas, Ludwig II

O filme tem o mesmo titulo, Ludwig II e retrata a vida deste Rei considerado excêntrico, e quiçá mesmo louco, em parte desligado da realidade e dedicado a promover a arte e a arquitectura, legados ainda hoje reverenciados por muitos. O expoente máximo desse legado é o seu Castelo de Neuschwanstein, símbolo da Baviera e famoso mundialmente.

Neste filme além da personagem central, muitas outras são conhecidas da generalidade, como é o caso do compositor Richard Wagner, da Imperatriz da Áustria Elizabeth (conhecida por Sissi), além de alguns príncipes e outros réis. Alguns também conhecerão Sophie Charlotte Augustine, a irmã mais nova da imperatriz Elizabeth, prima e noiva de Ludwig II.

O filme foi filmado na Alemanha, e tem como alguns dos cenários originais, o  castelo e dois palácios do Rei Ludwig II, além da Residência e cidade de Munique, e por motivos óbvios o Lago Starnberger (pois foi aqui que a morte de Ludwig II, em condições que ainda hoje são um mistério para muitos, ocorreu).

Para mim, o filme ter sido filmado em cenários que conheço pessoalmente, é mais um dos motivos de interesse deste filme.

Aquando da minha visita ao Mercado de Inverno do aeroporto de Munique, estava exposta numa área do MAC-Forum  a carruagem dourada de Ludwig II usada no filme, por certo uma réplica da original que se encontra no Marstallmuseum.

Aeroporto de Munique - Replica de carruagem de Gala de Ludwig II

Os banners publicitários que rodeiam a carruagem são bastante sugestivos e apresentam alguns dos cenários mais emblemáticos do filme, como o são:

Aeroporto de Munique - Banner publicitário do filme Ludwig II - Castelo de Neuschwanstein

Aeroporto de Munique - Banner publicitário do filme Ludwig II - Palácio de Linderhof

Aeroporto de Munique - Banner publicitário do filme Ludwig II - Novo Palácio de Herrenchiemsee

Alem do castelo e palácios, algumas imagens retiradas do site oficial do filme deixam transparecer outro dos locais emblemático usado como cenário do filme.

Filme Ludwig II - Teatro Cuvillies

8 thoughts on “Ludwig II

  1. Querida Turista:
    Já vi alguns filmes sobre a vida deste rei. Quer directamente, quer através da vida da sua famosa prima (dizem que era a sua verdadeira paixão) Sissi. A que mais me marcou foi um filme, ainda a preto e branco, italiano e cujo realizador agora não recordo. Um filme belíssimo.
    Quanto à carruagem, é isso mesmo: é o fascínio dos dourados, que lembram o interior desses lindos castelos.
    Boa semana para si e um beijinho.

    • Muito bom dia!

      Eu admito que estou curiosa para ver este filme, com toda a sumptuosidade a ele associada.
      Indiscutivelmente é impossível um filme sobre a Imperatriz Sissi, que não cite de alguma forma o Rei Ludwig II, e vice-versa, dada a grande proximidade entre ambos.

      Beijinhos para si e votos de uma óptima semana também.

  2. Desde há pouco. O realizador italiano era Luchino Visconti. O mesmo que fez ” Leopardo”. E não sei se não seria já em colorido.

  3. LUWIG II é um dos mistérios da história contemporânea. Podia ser paranóico ou neurótico (a prima Sissi também era e eram até muito amigos; a Sophie era a irmã mais velha dela e não a mais nova.Francisco José é que se apaixonou pela irmã errada, na opinião da mãe dele, que lhe fez sempre a vida negra!)
    O rei podia ter um temperamento excêntrico e bizarro, ser patologicamente tímido, mas era muito inteligente e tinha muitos conhecimentos ligados à arte em geral (arquitectura, artes decorativas,mobiliário,estilos estrangeiros, conhecimentos sobre aquecimento e iluminação eléctrica, matérias de construção e música.
    O Cisne era o animal hieráldico dele. O grande é de cerâmica maiólica de Villeroy & Boch – bávaro.
    Foi morto, não se suicidou. Sabia nadar. O médico que o tramou calou-se com ele!
    Beijinhos e um bom dia…

    • Bom dia!

      A vida e obra de Ludwig II, “dava um livro” e sem sombra para dúvidas deu origem a vários e agora a este filme. Uma história com mistério, drama, fantasia e rodeada de varias formas de expressão de arte. Com todos os ingredientes para despertar o interesse.
      A irmã mais velha da Imperatriz Sissi chamava-se Helene Caroline, e efectivamente o Rei Ludwig II esteve noivo foi da mais nova a Sophie Charlotte.
      Tem toda a razão, o Cisne era o animal heráldico dos Condes de Schwangau, cujo sucessor foi o rei Ludwig II, e que como tal era bastante apreciado por este. Também por esse motivo ele possuía uma colecção de pecas de porcelana com esse animal e o nome do seu famoso castelo é o Neuschwanstein, pois em alemão cisne é Schwan.
      Há bastante controvérsia acerca da sua morte, como referi, pois muitos acreditam, pelos motivos que apresentou, que ele não se pode ter suicidado.

      Beijinhos

  4. Cara “Turista”

    O filme Ludwig II enquadra-se bem nesta época natalícia! Este aborda uma história fascinante, com cenários idílicos, digno de verdadeiros contos de fadas. Esta época é propícia a esse tipo de filmes, onde a fantasia e o encantamento estão presentes.

    Ludwig II, foi considerado um excentrico e mesmo louco, mas não deixou de ser, também, um grande visionário, que proporcionou a criação de obras fantásticas e sumptuosas, como o Castelo de Neuschwanstein.

    Há uma década atrás, visitei alguns locais na Baviera,e o Castelo de Neuschwanstein e o novo Palácio e parque do Herrenchiemsee foram dois deles.

    A carruagem dourada e os banners publicitários, além de proporcionarem um enorme glamour no “Mercado de Inverno” do aeroporto, são uma ótima publicidade ao filme a estrear em breve.

    Eu adoraria ver o filme, mas como ele não deve estrear em Portugal, tal será difícil.

    Beijinho.

    • Bom dia Cara Executiva!

      Pois, eu duvido que este filme estreie em Portugal, mas talvez passe em alguns circuitos mais restritos, promovido pelo Instituto Goethe por exemplo.

      Talvez quando esteja à venda em DVD e Blu-ray o possa adquirir através da Amazon alemã.

      Beijinho

  5. cont.
    A turista tem toda a razão: a irmã mais velha de Isabel (Sissi) era Helene e tinha sido educada pela mãe e pela tia, imperatriz da Áustria, para casar com o primo Francisco José, herdeiro do trono.
    Quando Francisco se dirigiu ao castelo dos tios (só duques!) para pedir Helene em casamento, não o chegou a fazer porque se apaixonou pela beleza e irreverência de Isabel que só tinha 15 anos. Francisco não cedeu e casou, mas a imperatriz Sophie fez a vida negra à jovem, não lhe permitindo até cuidar dos filhos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s