D-day na Normandia – Arromanches les Bains

O meu marido realizou recentemente uma viagem a trabalho à Normandia. Na altura perguntou-me se havia algo que eu quisesse que ele me trouxesse de lá.

A resposta não foi nada difícil, e foi acompanhada pela entrega nas suas mãos da máquina fotográfica do nosso três palmos. Sim, porque eu ando sempre acompanhada pela minha máquina fotográfica para onde quer que vá, e seria impensável ficar sem ela durante 15 dias…

O que eu queria que ele me trouxesse, era a sua reportagem fotográfica e vivência dos locais que escolheria visitar durante o seu fim-de-semana na Normandia. Ele escolheu sobretudo áreas costeiras, praias ligadas à história que contribuiu para o fim da Segunda Guerra Mundial.

O fim-de-semana de Janeiro revelou-se bastante chuvoso e frio, mas isso não o demoveu de visitar os locais que pretendia.

Este é um mapa que ilustra invasão pelas tropas aliadas em várias frentes no dia D, dia 6 de Junho de 1944, da costa francesa da Normandia na posse das tropas alemãs.

Normandia - mapa com Praias da Invasao no dia D

O primeiro local visitado foi Arromanches, uma das praias centrais no dia D, integrada no sector atribuído aos XXX corpos britânicos, com o nome de código Gold.  “A leste de Arromanches, os penhascos dão lugar a uma baixa altitude litoral, pantanosa, e foi lá, na frente de Asnelles e Ver-sur-Mer, que o general Graham da 50ª divisão de infantaria (Northumbrian) liderou o assalto. Eles desembarcaram às 7h25, uma hora mais tarde do que os americanos, devido às diferenças locais em tempos de maré.” (texto traduzido e retirado daqui)

Normandia - Praia de Arromanches

Para não se diluírem na memória os eventos que ocorreram na Normandia em 1944, persistem junto à praia alguns canhões.

Normandia - Praia de Arromanches 2

E nas imediações da praia, construído com vista para onde um dos portos artificiais Mulberry foi erguido, e cujos seus restos podem ser vistos ainda hoje, a poucas centenas de metros da costa, encontra-se o Museu do Desembarque. Um museu que é justamente acerca do dia D, 6 de Junho de 1944. Inaugurado exactamente 10 anos depois dos eventos que aborda.

Normandia - Arromanches - Museu du Debarquement

Mas em Janeiro a visita a este museu não é possível, já que o mesmo se encontra fechado e só reabre em Fevereiro.

Assim teve que se limitar a observar e ler o que do exterior se podia vislumbrar.

Normandia - Arromanches - Museu du Debarquement - informacao exterior

Para saberem todos os pormenores sobre o dia D e a Batalha da Normandia, o site ideal a visitarem é o Normandie Mémoire.

Muito obrigada pelas fotografias e a “reportagem” da tua visita exploratória a Arromanches, meu querido economista ocasional.

6 thoughts on “D-day na Normandia – Arromanches les Bains

  1. Querida Turista:
    Tal como a Ângela, neste ano que passou, fizemos uma excursão com a Abreu, precisamente para visitar a Normandia (praias do desembarque) e os castelos do vale do Loire. Fomos em Julho, com um tempo fantástico e adorámos. O Museu da Paz, que conta a história da 2ª guerra e com todos os pormenores os factos do desembarque, merece uma visita demorada, tanto se aprende. Tem meios de suporte audio-visuais excelentes e é muito comovente.
    Beijinhos. Parabéns por ter conseguido a participação do seu marido e do três palmos: afinal ele emprestou a máquina…

    • Boa Tarde!

      Eu gosto de praias mas admito que teria preferido visitar os castelos do vale do Loire. E Julho é um mês muito melhor do que Janeiro para visitar a região, não tenho qualquer dúvida disso.
      Folgo em saber que adorou visitar a Normandia e que pode desfrutar de um tempo fantástico.

      Beijinho

  2. Olá Querida Turista: Também eu estive nestas praias em Junho passado e adorei, não só esta, mas todas as praias que o seu mapa refere e por onde se efectuou o conhecido “desembarque” que se traduziu no dia “D”. Quanto ao Museu é realmente muito elucidativo, mas as próprias praias com todos os monumentos evocativos aí tão bem preservados (como é o caso dos canhões), também o são e emocionam, particularmente quem conhece, ou se interesse pela 2ª Guerra Mundial. Um dia tem que levar lá o seu três palmos, para uma lição de História. Acredite que vai valer a pena!
    Beijinhos
    Evelina

    • Boa tarde!

      Muito obrigada por deixar aqui o seu comentário.
      Depois de três comentários consecutivos a dizerem que estiveram lá no ano passado, que gostaram e que recomendam imenso, acho que preciso de numa outra oportunidade acompanhar o meu marido à Normandia… (que já não será a próxima pois ele actualmente está lá de novo)

      Beijinho

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s