No Parque de Colina Petřín

Depois do Mosteiro Strahov, a visita exploratória continuou no Parque de Colina Petřín, porque a Torre de Observação Petřín que se destacava indiscutivelmente na paisagem, não me tinha passado despercebida mesmo à distancia. Queria por isso, vê-la de perto, e se possível subir à mesma.

Praga - Torre de Observacao Petrin no horizonte

“A torre de observação foi construída para a Exposição Geral Centenária do País, no âmbito de uma Feira Mundial, que decorreu em 1891, em Praga por iniciativa dos fundadores do Clube de Turismo Checo: Dr. Vilém Kurz e o arquitecto Vratislav Pasovský.

A torre foi inspirada pela torre de observação de Paris, projectada pelo engenheiro Eiffel, e a colina Petřín, com 318 m de altura foi escolhida para a localização da sua estrutura. A construção começou em 16 de Março de 1891, de acordo com o projecto inicial do arquitecto Vratislav Pasovský e elaborada pelos engenheiros František Prášil e Julius Souček da Máquina de Trabalhos Checa e da Morávia (Českomoravská strojírna). A cerimónia de inauguração teve lugar a 20 de Agosto do mesmo ano.

As fundações foram feitas com 11 metros de profundidade para segurar a construção de aço com 63,5 metros de altura, a  que pesava 175 toneladas. Um tubo octogonal é o núcleo da estrutura, com o elevador rodeado por duas escadarias em espiral com 299 degraus – uma para cada sentido. Toda a estrutura inclui elementos de contraventamento em forma de cruzes de Santo André. A torre tem duas plataformas de observação,  a  superior fica a 55 metros de altura. O piso térreo e a cave situam-se num edifício de estilo neo-renascentista.

Em inícios de Julho de 1938, a parte superior da torre foi danificada por um incêndio, provavelmente causado por um curto-circuito na caixa do elevador. A torre de observação foi uma torre de transmissão de TV entre 1953 e 1992. Actualmente é utilizada apenas como uma torre de observação”. (texto retirado e traduzido livremente daqui)

Praga - Torre de Observacao Petrin

Como o meu três palmos adormeceu no automóvel, quando estávamos a chegar às imediacoes da torre, e não o quisemos acordar, eu fui espreita-la mais  de perto enquanto o meu marido ficou com ele. Assim, não me pude ausentar durante muito tempo, e não subi à torre.

Ainda assim, descobri no parque além da torre, dois outros edifícios bastante interessantes.

O edifício do labirinto de espelhos, assemelha-se a um pequeno castelo, e também é remanescente da exposição mundial de 1891. A sua construção em madeira imita a parte gótica da fortificação em Vysehrad.

praga - Parque Petrin - Labirinto de espelhos

“A Igreja de S. Lourenço, é uma igreja barroca com uma única nave, localizada onde previamente houve uma igreja românica provavelmente de madeira, existente em 1135.

A aparência actual da igreja resulta de um projecto barroco de reconstrução 1739 – 1745, provavelmente com base em planos de Kilian Ignaz Dienzenhofer. O construtor foi Michele Ignazio Palliardi e posteriormente o seu sobrinho, Ignazio Giovanni Palliardi. A igreja foi vista como um local de peregrinação, com paragens individuais ao longo da Via Sacra, a Capela do Santo Sepulcro e o Calvário, que conduzem até ela. Dentro da igreja há uma escultura de São Lourenço por J. Lederer. O retábulo representando o martírio de São Lourenço é a obra do pintor J.C. Monnoto da Borgonha.

A igreja foi fechada por um decreto emitido pelo imperador Joseph II, em 1784, e re-consagrada em 1840.

Três torres dominam a igreja: as duas torres laterais têm 24,5 metros de altura, enquanto a torre central com a cúpula tem 22,7 metros de altura.

O arquiteto Jiří Pelcl projetou o actual interior do presbitério e do crucifixo.

A igreja está em locação para a Igreja Católica Antiga desde 1994. Em 1995, a igreja foi elevada a catedral.” (texto retirado e traduzido daqui)

Como podem constatar pela imagem, quando passei perto da igreja  esta encontrava-se com obras de renovação.

Praga - Parque Petrin - Igreja de S Lourenco

Anúncios

6 thoughts on “No Parque de Colina Petřín

  1. Menina,

    Sabe que a torre não me encantou muito. Acho que fiquei tão embevecida com a arquitetura da parte antiga da cidade que quando subi a Colina Petrin esperava encontrar mais. A igrejinha é simpática, mas não vale encarar a fila enorme do bondinho para ver. Gostei muito das esculturas em protesto ao comunismo próximas à entrada do bondinho.

    Bjs

    Claudia

  2. Querida Turista:
    Pois foi pena o seu três palmos não ter ido ver o labirinto dos espelhos; fiquei curiosa com a fotografia do pequeno palácio em madeira.
    Beijinho.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s