O Castelo de Ljubljana…

Localizado numa posição sobranceira à cidade, o Castelo de Ljubljana pode ser apreciado à distância, enquanto se passeia pelo centro histórico, mas tal é manifestamente insuficiente.

Tinha que o explorar de perto e do mesmo poder apreciar as vistas panorâmicas privilegiadas que proporciona.

Ljubljana - Planta do Castelo

Como a legenda do complexo do castelo sugere, muitos dos locais foram convertidos para a realização de eventos de naturezas diversas de índole particular ou pública.

O extenso pátio interior, a mim convidou-me a uma pausa num dia de sol, mas não por muito tempo pois o havia bastante para explorar.

Ljubljana - Castelo da cidade - primeiro impacto

A história do castelo tem as suas reminiscências no final da Idade do Bronze e Idade do Ferro, com os primeiros assentamentos na bacia de Ljubljana. Tal perdurou na época romana, na qual a cidade era denominada de Emona. Na Idade Média continua a ser mencionada Ljubljana e no século XIV torna-se propriedade herdade dos Habsburgos, que no século XV, fortificam os muros do castelo, para se protegerem dos ataques turcos. Em meados do século XVII o castelo perdeu a sua função de uma fortaleza e residência e foi usado como armazém militar. Durante as Províncias Ilírias de Napoleão (1809-1813) o castelo foi usado como quartel e hospital militar. Do século XIX até ao fim da segunda Guerra Mundial foi usado como penitenciária.

Quem tiver interesse em conhecer a história associada a este castelo, poderá encontra-la aqui.

A Capela de São Jorge, foi um dos locais que visitei no castelo, que mais gostei.

É uma das partes mais antigas do Castelo que persiste. Por ordem do documento de Cesar de 1489 foi dedicada a São Jorge, o santo padroeiro de Ljubljana. O sino da capela foi um presente do rei Frederico III de Habsburgo. A Capela originalmente de estilo gótico, foi renovada em estilo barroco e em 1747 decorada com pinturas de 60 brasão de armas de todos os imperadores. Entre esses nomes encontram-se Herman e Ulrich de Celje, Henrik do condado de Gorizia, Stephan Frankopan e Krištof Rauber o bispo de Ljubljana. No tecto, também há frescos do século 15th com brasões de Carniola, Istria, e a marka Slovenska e de cinco imperadores austríacos, que foram renovados em 1992. Lidija Avbelj foi encarregada das obras de restauro. 

Ljubljana - Castelo da cidade - Capela de Sao Jorge

Mas indiscutivelmente é da Torre de Observação que se tem uma vista panorâmica sobre a cidade de um ponto mais alto.

Ljubljana - Castelo da cidade - Torre de Observacao

Ljubljana - Castelo da cidade - Torre de Observacao - vista panoramica

Com o Castelo de Ljubljana, e a vista panorâmica sobre a cidade, termino a sequência de artigos sobre esta encantadora cidade.

4 thoughts on “O Castelo de Ljubljana…

  1. Querida Turista:
    As minhas felicitações pela estupenda reportagem sobre Ljubljana, acabei neste momento de me pôr em dia. Realço a descrição da galeria do CentromerKur. Ficou-me bem na memória, não só o belo exterior como também o elegante interior.
    Soube que a economia deste simpático país enfrenta dificuldades. Haverá algo que esteja certo na Europa?
    Beijinho.

    • Bom dia!

      Folgo em saber que gostou da minha reportagem acerca de Ljubljana.

      Num mercado global, as economias dos países não são independentes das dos outros países, e quando os países mais fortes ressentem a recessão, arrastam atrás de si todos os outros com os quais possuem relações económicas e financeiras.

      Beijinho

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s