A Ponte de Pedra de Regensburg

Uma maravilha do mundo: A Ponte de Pedra de Regensburg.

Com 16 arcadas, a ponte une a Antiga Cidade Medieval de Regensburg com o Stadtamhof (que também está classificado como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO) separados pelo rio Danúbio.

Regensburg - Ponte de Pedra

O povo de Regensburg tinha obviamente brilhantes construtores de pontes no século XII, altura em que a ponte foi construída.

Esta ponte persistiu durante mais de 800 anos, até aos anos 1930 como a única existente em Regensburg a atravessar o rio.

O “Bruckmandl” (homem da ponte), uma pequena estátua na ponte,no entanto, só se encontra lá desde meados do século XVI.

Regensburg - Ponte de Pedra - Bruckmandl

Diz a lenda que os mestres construtores respectivamente da catedral e da ponte fizeram uma aposta acerca de qual deles terminaria mais rápido a sua construção. O construtor da ponte ao sentir que estava a ficar para trás fez um pacto com o diabo. Em seguida a ponte acabou por ser construída em apenas 11 anos enquanto que a Catedral demorou 250 anos.

Mas, como recompensa pela sua ajuda, o diabo adquiriu o direito de ficar com a alma das primeiras três pessoas que passaram sobre a ponte. O construtor de pontes perseguido, mas para salvar a sua e outras almas humanas, enviou um cão para o outro lado da ponte, que levou dois galos à frente dele. O diabo ficou com tanta raiva sobre a fraude que  inicialmente empurrou para baixo um arco de ponte para a destruir e ela ter que ser construída novamente, mas não teve sucesso, pois ela tinha sido construída diabolicamente bem. Então finalmente, saltou para o Danúbio, para de lá ir diretamente  para o inferno, e assim nasceu a lenda do turbilhão no Danúbio.
A figura do Bruckmandl, hoje situada no ponto mais alto da ponte, sobre o parapeito ocidental, representa o construtor da ponte voltado para sul em direcção à catedral, para ver o quão longe esta chegou.

Na extremidade sul da ponte, a da antiga cidade medieval, situa-se uma torre, que corresponde a uma antiga porta da cidade. No início do século XVI a loja de Sal Amberg (em alemão: Salzstadel) e no inicio do século XVII a loja de Sal Regensburg foram construídas defronte desta torre.

Regensburg - Torre na extremidade sul da Ponte de Pedra

Na outra extremidade da ponte, encontra-se um pacífico idílio no labirinto de ruas e becos da Stadtamhof.

Regensburg - um pouco do Stadtamhof

 

Stadtamhof é o segundo distrito da cidade de Regensburg.

Com uma área de 0,66 km ² Stadtamhof é o menor dos 18 distritos de Regensburg. A cidade antigamente independente, foi o assento da sede de concelho de Stadtamhof. Em 1 Abril 1924 foi incorporado na cidade de Regensburg.

7 thoughts on “A Ponte de Pedra de Regensburg

  1. Bom dia.
    A ponte é mesmo um património notável, de fazer inveja!
    E deve ter sido a dificuldade da construção e o êxito do resultado
    que deu origem à criativa lenda do pacto com o diabo que saiu vencido.
    Bjs

    • Bom dia!!!

      Realmente, deve mesmo ter sido o desafio e a dificuldade encontrada para a construção da ponte, que suscitou o aparecimento da lenda. Em termos normais é bastante plausível que uma ponte por mais extensa que seja demore menos tempo a construir que uma catedral ainda mais com as dimensões da de Regensburg. Parece mesmo do estilo de uma aposta ganha à partida, mesmo sem a ajuda do Diabo😉 Mas esta é a minha opinião que, conhecimentos de arquitectura e de engenharia civil, não tem nenhuns.

      Beijinho

  2. Querida Turista:
    Uma beleza, a torre e casario medievais. Com ou sem lenda, a ponte é sempre um desafio que o homem venceu, não acha?
    Beijinho.

    • Muito bom dia!

      Sem dúvida alguma, a ponte é uma prova viva do quanto apesar das contrariedades e dificuldades, o Homem as superou, venceu os obstáculos e criou uma obra que perdura até aos tempos actuais sendo admirada por todos que por ela passem ou simplesmente a vejam.

      Beijinho

  3. Pingback: Bürgerfest em Regensburg? | Turista Ocasional

    • Olá Claudia!

      Realmente há varias pontes de Pedra na Europa, e sem legendas ou sem sobressair as especificidades de cada uma, pode-se ser induzido em erro, achando que se trata de uma ponte quando na realidade é outra. O mesmo se passa com muitas outras construções em que tendemos a ter como referencia locais que conhecemos ou que nos são mais familiares.

      Beijinho

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s