Jardim de Cristal….

Depois de Regen, o percurso na “Glasstraße” continuou em direção a Frauenau, onde se encontra o Jardim de Cristal e o Museu de Cristal. As duas cidades distam entre si cerca de 18km.

Se, admito, a diminuta extensão da Floresta de Cristal/Vidro me decepcionou um pouco, o mesmo já não posso dizer do Jardim de Cristal, com a sua diversidade de obras de arte.

Frauenau - mapa do Jardim  e Museu de Cristal

O Jardim de Cristal estende-se por uma área de 8 hectares em redor do Museu de Cristal, do riacho Flanitz e das áreas das oficinas/fábricas de vidro (Glasshütten) Poschinger e Valentin Eisch.

O percurso ao longo do jardim para apreciar todas as obras de arte tem uma extensão de cerca de 3 km. Não existe qualquer vedação que impossibilite o acesso ao jardim, pelo que a visita ao mesmo é obviamente gratuita.

Procurando seguir a numeração apresentada pelo mapa do jardim, eis uma hipotética visita virtual às obras de arte do mesmo, que começa perto do Glashütte Eisch.

1 – Carmelo Lopez – Weitblick, 2010

“Cinco figuras sentadas em colunas de madeira de diferentes alturas permitem o seu autor brincar com a perspectiva e percepção de quem as aprecia. A partir de um certo ponto de vista, há uma ilusão de óptica, segundo a qual todas as figuras estão na linha descendente e a olhar numa direção: para o tronco com a quinta figura”.

Frauenau - Jardim  de Cristal 1

2 – Thierry Boissel – Antiphon, 2010

“Tema da instalação é o passear comunicativo, passeios descontraídos na natureza. O titulo “antífona” refere-se tanto ao jogo de luz e vidro, bem como ao diálogo de duas pessoas e a repetição continuada de memórias. Thierry Boissel fotografou 150 casais em Fraueneau para esta sua instalação”.

Frauenau - Jardim  de Cristal 2

 3 – Korbinian Stöckle: Zwischenwelt (Entre mundo), 2010

“Na placa de vidro fica reflectido o nosso mundo. Dependendo da localização do espectador, o trabalho muda com seus variados tons: em uma área de água, no ambiente imediato (árvores, nuvens, céu) ou em sua própria imagem no espelho. No entanto, os reflexos evitam a visão directa para o mundo intermediário: através do reflexo infinito das figuras de vidro abaixo da superfície a imaginação do espectador é estimulada e ele é um mergulho em outro tempo, se não mesmo em outro mundo”.

Frauenau - Jardim  de Cristal 3

4 – Eva Käsper e Tiina Sarapu – Espaço Imaginário, 2010

“A instalação brinca com a percepção espacial, com a realidade e a reprodução, Ela oferece novas perspectivas do ambiente familiar e, uma vez que desperta nossos sentidos entorpecidos, o inesperado aparece e desaparece o esperado, o mundo é metafísico. O “Espaço imaginário” é sujeito a constantes mudanças no ritmo com a natureza e suas estações, reflectindo o sol e a chuva, a grama e a neve, a cidade e seus arredores”.

Frauenau - Jardim  de Cristal 4

5 – Magdalena Paukner – Das Urkraut, 2010

“A cultura da cavalinha (planta) em fases de crescimento individual: as menores plantas menores  espiam apenas para fora da terra, as outras já são altas como um homem. A cavalinha, uma erva, é uma das plantas mais antigas do planeta. Ela cresceu muito antes dos dinossauros, à 400 milhões de anos atrás, e é considerada altamente adaptável e forte. Os homens da floresta bávara usavam-na antigamente como acessório/decoração do chapéu”.

Frauenau - Jardim  de Cristal 5

6 – Ron Fischer – Himmelsschale (Taça do céu), 2007

“Esta instalação foi feita para a exposicao de floricultura de Waldkirchen de 2007, que teve como temática “para cima, para o céu, tudo de encanta.” É propriedade particular e registrado como empréstimo permanente ao jardim”.

Frauenau - Jardim  de Cristal 6

7 – Simone Fezer: “Lebensadern” (linha da vida), 2010

“A instalação de abeto e tubos deformados de vidro vermelho serve como uma alegoria para a base histórica económica do povo na Floresta da Baviera: madeira e vidro como a salvação pulsante – em simbiose formal de uma entidade dinâmica, como eles moldaram o povo e sua história”.

Frauenau - Jardim  de Cristal 78 – Stefan Stangl – Stumme Diener (servo mudo), 2010

“O grupo de figuras transmite baseia-se na ideia do servo silencioso ou pagodes oscilantes. As quatro figuras estão montadas de forma móvel na sua estrutura de metal e movimentam-se ao tocar ou com o vento. As figuras têm as suas próprias opiniões, elas não dizem nada, apenas acenam para todos”.

Frauenau - Jardim  de Cristal 8

9 – Raymond Martinez – Ariane à Naxos, 2010

“Emergindo do chão, usando três elementos de betão, fragmentos cintilantes de um ícone da mitologia grega: Ariane. Por casamento com o deus grego do vinho Dionisios, a humana Ariane, filha do rei Minos de Creta ascendeu ao Olimpus. Os elementos de betão da fundação adornam os relevos, nos quais se encontram o rosto de Ariane. Os elementos de vidro adjacentes fazem a história de Ariane prosseguir. Enquanto o concreto é um material tão profano, terreno, o vidro simboliza a transformação no mítico, divino”.

Frauenau - Jardim  de Cristal 9

10 – Alexander Wallner- Lichtgewächs, 2010

“A escultura apresenta a ornamentação gravada de vidros barrocos por cortadores de vidro do século XVIII, que inspirados pela natureza, tomam os motivos florais os da sua preferência no seu trabalho. Esta gravura de vidro devolve-se ao jardim como um objecto independente na natureza”.

Frauenau - Jardim  de Cristal 10

11 – Renato Santarossa – Poesia da Transparencia, 2010

(tão transparente que a escultura no meio do lago, quase de torna imperceptível nas fotos seguintes. Na foto do site oficial do jardim consegue-se vê-la muito melhor)

Frauenau - Jardim  de Cristal 11

12 – Ron Fischer – Arche II (arca II), 2010

“A viagem de um objecto de vidro: A “Arca I” viajou desde 2003, um recipiente de vidro de cinco metros de comprimento, a partir de Lusen (montanha comum à Baviera e à região de Plzeň na Republica Checa) até 20 locais em ambos os lados da fronteira boémia-bávara. Tanto na Boémia como na Baviera, artistas, ambientalistas, pessoas das oficinas do vidro, estudantes e turistas empurraram a arca para a frente – das florestas do Parque Nacional para as fábricas de vidro, antes locais de cultura boémia. O projecto reuniu pessoas assim como a sua região e a realização do objecto de arte “Arca de vidro” foi uma declaração política para o desenvolvimento sustentável da região da fronteira. A Arca I está na parte inferior do pico do Lusen (Lusengipfels). A “Arca II” está nos Jardins de cristal graças ao generoso financiamento do casal de Munique Marianne e Heiner Schaefer”.

Frauenau - Jardim  de Cristal 12

14 – Jens Gussek – Herzstück (coração), 2010

“O “coração” é a expressão plástica de uma experiência pessoal do artista em Frauenau, que mudou a sua vida de forma significativa. É um testemunho de amor para as muitas pessoas que Jens Gussek conheceu ao longo dos anos em Frauenau. Que Frauenau é denominada de “Coração de cristal na estrada do cristal”, acrescenta ao objecto um significado mais imediato”.

Frauenau - Jardim  de Cristal 14

15 – Michael Gölker – Dreiklang (Três sons), 2010 

“As gotas de água em vidro estão relacionadas com a imagem. A sua dimensão colossal simboliza o cenário do vigor de um elemento, que para a natureza é fundamental”.

Frauenau - Jardim  de Cristal 15

16 – Sandra de Clerck – Sieben Lämmer (Sete cordeiros), 2010

“Sete cordeiros recém-nascidos, candidos e puros: eles simbolizam o poder divino na natureza, são em palavras combinadas pensamentos espirituais sobre o crescimento e decadência. Cada ovelha, pode estar morta ou simplesmente  a dormir, num prado em flor, na natureza, por si só, e é parte de uma cena pacífica, um pastoreio idílico. Colocados sobre uma base de concreto, os cordeiros estão confrontados com a cultura – o que seu descanso tranquilo, mas não interferem”.

Frauenau - Jardim  de Cristal 16

O Jardim possui outras esculturas, como o mapa do mesmo sugere, mas as apresentadas ilustram em que é que este consiste.

Talvez este artigo permita despertar a vossa curiosidade para o explorarem pessoalmente in loco. Até lá, podem sempre espreitar um pouco mais no site oficial do jardim, onde todas as esculturas são apresentadas.

Frauenau - Jardim  e Museu de Cristal

Anúncios

One thought on “Jardim de Cristal….

  1. Pingback: Museu do Cristal em Frauenau | Turista Ocasional

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s