Mosteiro Strahov

Praga - Complexo do Mosteiro Strahov - estátua de leao com pequeno brasao do paísUm “vizinho” do Castelo de Praga é o Mosteiro Strahov.

Praga - fraccao de mapa com o Mosteiro Strahov assinalado

O plano do Mosteiro aqui apresentado foi retirado do site Prague City Line.

Praga - Plano do Mosteiro Strahov

Mas este outro plano dá uma ideia mais completa do complexo do Mosteiro, e esse foi retirado daqui (traduzido), do site do Royal Canonry of Premonstratensians at Strahov.

Praga - complexo do Mosteiro Strahov

A minha visita a este complexo do Mosteiro começou justamente passando pela entrada principal.

Praga - Complexo do Mosteiro Strahov - Entrada Principal

Continuando, o caminho levou-me directamente à fachada frontal da Igreja da Assunção da Virgem Maria.

Praga - Igreja da Assunção da Virgem Maria - exterior

“A Igreja da Assunção da Virgem Maria é na sua essência uma basílica românica com três naves e um transepto gótico, prolongada em 1627, com um coro renascentista. A igreja foi construída no terceiro quarto do século XII. Foi reconstruída em estilo gótico entre os anos 1258 e 1263, e essa aparência sobreviveu durante séculos. Entre 1601 e 1605, era do abade Lohel, houve uma reconstrução renascentista provavelmente elaborada por G. Bossi de Campione.

Ela foi danificada durante o bombardeamento aéreo e de artilharia a Praga em 1742, e, posteriormente, foram feitas modificações no estilo barroco tardio na frente da igreja (T. Haffeanecker, A. Lurago, e decorações esculpidas por Jan Antonín Quittainer), bem como no interior: frescos da vida de São Norberto e cenas da vida da Virgem Maria pelo pintor da Silésia, Vilém Neuenherz (1743), decoraçoes de estuque por Jan Palliardi, o altar mor e 10 altares laterais pelo conceituado pedreiro de Praga Josef Lauermann (1769). As estátuas do altar-mor foram feitas por Ignác Platzer, e as estátuas dos altares laterais por JA Quittainer. As pinturas sobre os altares foram feitas principalmente por M. Leopold Willmann,  F. Xaver Balko e Siard Nosecký.

Praga - Igreja da Assunção da Virgem Maria - interior

Desde o início, capelas foram sendo acrescentadas à igreja. No meio da nave, há a Capela da Virgem Maria de Passau (no lugar de uma capela gótica de St. Angelo do século XIV). Foi construída por Albrecht de Valdštejn para o general imperial Pappenheim e Berthol, sobrinho de Albrecht, que morreram na batalha de Lützen. Há uma cópia da pintura da Virgem Maria de Passau no altar e no tecto, e há um fresco representando a Batalha de Lützen por Siard Nosecký. No lado oposto da igreja, há uma Capela maior de São Voršila, que era gótica, originalmente. Há um altar de São Voršila e um altar de São Norberto, o fundador da Ordem Premonstratense e o patrono da terra, cujos restos foram levados para Strahov do Mosteiro Premonstratense de Magdeburg em 1627 e estão enterrados na capela. O co-fundador da igreja, Vladislav II, também foi enterrado na igreja em 1174, e antes dele a sua esposa Gertruda, assim como o segundo co-fundador Jindřich Zdík (que morreu em 1150).

Os famosos organistas Jan Křtitel Kuchař e Robert Führer tocaram na igreja. Em 1787, Wolfgang Amadeus Mozart improvisou no órgão local. O órgão original foi substituído depois de 1900.

O Papa João Paulo II concedeu à Igreja da Assunção da Virgem Maria o título de Basílica menor. A promoção foi celebrada nos dois primeiros dias de Fevereiro de 1992.” (texto traduzido e adaptado daqui)

Ao lado da igreja encontra-se a entrada para a Biblioteca e Mosteiro.

Praga - Mosteiro Strahov - entrada para a Biblioteca e Mosteiro

Entrando por esta porta, fiquei completamente deslumbrada ao visitar os Saloes Teológico e Filosófico do Mosteiro. Como não era permitido tirar fotografias aos mesmos comprei dois postais, os quais se encontram digitalizados a seguir.

Praga - Mosteiro Strahov - Salao Teológico

Praga - Mosteiro Strahov - Salao Filosófico

Continuando a explorar o complexo do Mosteiro, uma outra entrada permitia o acesso à Galeria de imagens (com pinturas e esculturas) e quartos históricos.

Praga - Complexo do Mosteiro Strahov - entrada para a galeria de Pintura e quartos históricos

Impossível não reparar também na estátua de um leão com o pequeno brasão símbolo da Boémia, no jardim do mosteiro. O Leão é um símbolo muito apreciado na Republica Checa, e o leão com uma cauda dupla no brasão apareceu pela primeira vez no século XIII.

Termino este artigo com a paisagem panorâmica da cidade avistada dos jardins do Mosteiro.

Praga - paisagem avistada dos jardins do complexo do Mosteiro Strahov

Anúncios

2 thoughts on “Mosteiro Strahov

  1. Olá!
    De cada vez que se vai a uma cidade já conhecida, encontra-se quase sempre coisas novas. Desta vez o achado foi um tesouro daqueles que não se espera encontrar! A ideia dos postais resultou lindamente… Parabéns pela ideia e o “faro” especial.

    • Olá!

      Tem toda a razão, é impossível conhecer todos os recantos de interesse que uma cidade possui e que coloca à disposição do visitante.
      Mesmo, aquelas cidades que nos estão mais próximas e que visitamos com frequência, possuem sempre novidades que nos surpreendem.

      Beijinho

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s