Contagem decrescente para 2018

Os ultimos dias de Dezembro têm este efeito, as pessoas tendem a contar os dias até que o novo ano comece.

Mas os dias de Dezembro são particularmentemente repletos de eventos que culminam com os que ocorrem nos dias 24 e 25. O frenesim, a confusão, o convivio, o barulho, a alegria marcam inequivoca presença durante estes dias e são acolhidos com entusiasmo.

Assim, há actividades que prefiro fazer com antecedência. Desde colocar vistos na lista de pessoas a quem quero oferecer uma lembrança de Natal, até à montagem e decoração da Arvore de Natal. E nestes dois departamentos, se comprar presentes de Natal pode começar imediatamente no dia a seguir ao do Natal anterior (por muito implausível que efectivamente tal aconteça), já no que respeita a decorar a casa, parece que existe sempre uma altura certa para que tal aconteça.

Este ano o dia 19 de Novembro, ficou marcado como o dia em que a árvore de Natal branca foi colocada na sala de estar, e em que as decorações foram penduradas. O dia propiciou-se lindamente com a chuva a cair insistentemente no exterior, e as temperaturas baixas a convidarem a permanecer no interior.

Confesso que estava curiosa para ver, como é que todas as decorações que fui adquirindo ao longo do ano, nas férias e viagens se iriam conjugar com as que já possuía de anos anteriores. Mas estava particularmente curiosa em relação a uma bola em concreto, pois dadas a dimensões da mesma, os meus “dois homens da casa” torceram bastante o nariz e acharam que o meu impulso não ia dar um bom resultado.

Também por isso, depois de distribuir cuidadosamente as luzinhas, o mais uniformemente possível pela árvore, foi a primeira decoração que pendurei. A árvore não se inclinou com o peso, pelo que interpretei isso como um bom presságio. (Estou a exagerar porque a bola não é pesada.) E também só ocupou uma pequena fracção dos 210 cm da altura da árvore, pelo que achei seguro continuar a colocar as outras decorações, já que teria espaço disponível para isso.

Efectivamente consegui colocar as decorações todas que quis… e continua a haver espaço para mais.

Arvore natal 2017

Confesso que este ano foi particularmente pródigo em termos de locais de onde trouxe decorações para adornar a árvore.

De uma das viagens a trabalho do meu marido à Irlanda, trouxe-me de Dublin uma cruz Celta.

Decoração de Natal 2017 - Dublin

Das férias em Washington D.C. foram várias as decorações que vieram na mala. Algumas das quais alusivas às cerejeiras em flor e ao seu festival na capital dos EUA.

Decoração de Natal 2017 - Washington DC

Outras referentes à visita a Mount Vernon – a casa dos Washingtons.

Decoração de Natal 2017 - Mount Vernon

Mas durante o ano, o meu marido passou outras vezes pelo aeroporto internacional de Washington Dulles, e achou que eu iria achar interessante umas bonequinhas de Voodoo, uma bailarina e outra alusiva ao dia da mãe.

Decoração de Natal 2017 - Aeroporto de Dulles

Os dias de férias passados na Escócia  foram muito bem aproveitados e adorei explorar um pouco do país. Evidências disso também se reflectiram ao nível de decorações natalícias.

Da aldeia mais a norte (NE) da Escócia, John O’ Groats, trouxe uma bola com duas imagens icónicas do país, a de um escocês com uma Gaita de Foles, e a das bandeiras do país e da flor nacional da Escócia, o cardo.

Decoração de Natal 2017 - escocia

Já a loja do Castelo Dunrobin, apresentou-me as decorações em metal, que apesar de não sobressairem muito na árvore, são muito interessantes por si.

Decoração de Natal 2017 - Castelo Dunrobin

Durante os dias pelas terras altas escocesas,  encontrei outras decorações em metal do género da anterior, mas foi apenas da loja do Castelo Culzean que outra realmente prendeu o meu interesse.

Decoração de Natal 2017 - Castelo Culzean

Dado o interesse particular do meu marido por Golf, St. Andrews, onde nasceu este desporto reverenciado por muitos, e onde se encontra o primeiro campo de Golf do mundo, foi uma cidade que se tornou incontornável.
De lá trouxe, algo que muitos golfistas usam, um “Bag Tag Old Course Scorecard“, e que converti em decoração natalícia.

Decoração de Natal 2017 - St Andrews

Edimburgo foi a ultima cidade visitada durante as férias na Escócia, e de lá vieram uma bola com motivos da cidade e a flor nacional do país, neste caso, adquirida na loja oficial do Palácio Holyrood e representativa do mesmo.

Decoração de Natal 2017 - Edinburgo

Já durante as férias escolares de Pentecostes, procuramos rumar para a costa mediterrânica, mas das várias cidades em que estivemos em Itália e França, apenas na cidade piscatória de Portofino, encontrei uma bola de porcelana que gostei.

Decoração de Natal 2017 - Portofino

As férias de Verão foram muito bem aproveitadas e serviram para explorar alguns locais em vários países.

Ainda antes de sairmos da Alemanha, depois de Hamburgo, fizemos um desvio no percurso originalmente definido, para visitar a Ilha de Veraneio de Sylt. Foram as primeiras praias na Alemanha, dignas desse nome que conheci. E como “bonus” ainda avistei algus dos típicos farois de lá.
(No Verão não é facil encontrar decorações natalícias dignas desse nome na Ilha, pelo que acabei por converter um porta-chaves numa)

Decoração de Natal 2017 - Sylt

Na Dinamarca iriamos passar apenas um dia, aproveitando a oportunidade para reencontrar uma grande amiga e a sua filha, minha afilhada. Elas estariam por Copenhaga, mas havia um castelo nas imediações que eu queria revisitar, porque da primeira vez o tinha encontrado fechado. Desta vez, num dia de sol típico de verão pude desfrutar e explorar devidamente o Castelo Frederiksborg, em Hilerod, e da loja do castelo trouxe uma coroa.

Decoração de Natal 2017 -Castelo Frederiksborg .jpg

Na Suécia, passamos vários dias em Estocolmo para explorar convenientemente a capital do país.

No primeiro dia optamos por visitar o Palácio de Drottningholm, que fica fora da cidade, e foi das melhores decisões que fizemos. Foi o unico dia, durante a estadia em Estocolmo, que fomos presenteados com um dia de sol e calor (andamos o dia todo de bicicleta).

Da loja do palácio, à falta de algo mais apropriado, trouxe dois magnéticos de vidro com a imagem do mesmo, e que colei um outro e coloquei uma fita.

Decoração de Natal 2017 - Palacio Drottningholm

No Museu Vasa, em Estocolmo, adquiri uma bola com o emblemático barco.

Decoração de Natal 2017 - Museu Vasa

Mas foi no centro da cidade de Estocolmo, mais concretamente em Gamla Stan, que adquiri a bola, a que os meus “dois homens da casa” torceram o nariz dadas as suas dimensões.

Decoração de Natal 2017 - Estocolmo

Depois de Estocolmo, o destino seguinte foi Oslo na Noruega, onde também ficamos alguns dias. Mas depois de tanto esforço a procurar algo que gostasse, apenas encontrei uma bola com os típicos trolls da Noruega, digna de vir para casa comigo.

Decoração de Natal 2017 - Oslo

Em Tromso (resultado de uma viagem de avião relampago a partir de Oslo) adquiri mais duas bolas, uma alusiva às Auroras Borealis e outra com uma paisagem bucólica que poderia ser representativa de muitos locais.

Decoração de Natal 2017 - Tromso

Dos aclamados Fjords da Noruega, um dos que optamos por visitar, foi o Geiranger Fjord e de lá veio juntar-se mais uma bola à coleção.

Decoração de Natal 2017 - Geiranger

No percurso de regresso a Munique, uma das cidades onde ficamos foi Magdeburgo, já na Alemanha. E da “Grüne Zitadelle” trouxe uma pequena torre típica de Friedensreich Hundertwasser.

Decoração de Natal 2017 - Magdeburgo

Durante um fim-de-semana de Outono estivemos em Berlim, mais do que para revisitar a capital do país, para nos reencontrarmos com alguém especial. E de lá, além do coração cheio, vieram dois ursinhos (em porta-chaves) simbolos de Berlim,  Buddy Bears.

Decoração de Natal 2017 - Berlim

Durante uma viagem decidida por impulso e emoção a Tbilisi, na Georgia, que fez escala em Istambul, adquiri respectivamente algo contra o Mau olhado que achei interessante, no aeroporto Internacional de Istambul, e uma Matriosca com uma boneca típica da Georgia em Tbilisi.

Decoração de Natal 2017 - Aeroporto de Istambul

Decoração de Natal 2017 - Tbilisi

Com as lojas a prepararem-se gradualmente para a época Natalícia, não é nada dificil encontrar decorações pelas quais fico apaixonada. Esse foi o caso de uma fada azul  de porcelana  da Alessi, que adorei e não resisti (apesar do soldadinho de Chumbo também ser muito interessante).

Decoração de Natal 2017 - Fada Alessi

Já uma amiga muito prendada, presenteou-me com um presépio bordado em ponto cruz.

Decoração de Natal 2017 - presépio

Com a abertura dos Mercados de Natal na Alemanha e arredores, a questão era decidir quais visitar.

O primeiro que visitei foi o Mercado de Natal de Constança, e de lá trouxe uma espécie de Mago que oferece uma grinalda Natalícia. Algo talvez apropriado, já que foi adquirido no primeiro domingo do Advento, altura em que reza a tradição que se deve acender a primeira vela do “Adventskranz“.

Decoração de Natal 2017 - Constanca

No Mercado de Natal de Haidhausen, em Munique, adquiri um outro Mago, que traz consigo presentes para oferecer.

Decoração de Natal 2017 - Mercado de Natal de Haidhausen

Para mim o Tollwood – Festival de Inverno, é uma categoria de Mercado de Natal à parte, não comparável com os tradicionais Mercados de Natal que existem espalhados por várias cidades e países. Simplesmente porque reúne o que é expectável de encontrar  em um e muito mais. Talvez também por isso não se designa de Mercado de Natal, e é o que o torna para mim imprescindível de visitar anualmente em Munique.

Este ano trouxe de lá uma estrela bordada com aplicações, para a minha árvore de Natal, e mais duas Elfas, da Elfenfamilie para a colecção que povoa a minha árvore dourada (de momento convertida em Calendário do Advento).

Decoração de Natal 2017 - Tollwood

Calendário do Advento 2017 e novas Elfas 1.jpg

As decorações de Natal, servem assim também como uma espécie de retrospectiva do ano 2017, e de alguns dos locais que visitei, sendo mais uma forma de os recordar.

E se o fim do ano é propicio a retrospectivas, esta época é igualmente a ideal para fazer desejos e votos para o novo ano. Assim, desejo a todos os que passam, tenham passado, ou venham a passar por este blog:

Uma época Natalícia muito alegre, feliz, repleta de bons sentimentos e emoções e que 2018 vos traga tudo o que mais desejam. Que concretizem muitos dos vossos sonhos, mesmo aqueles que ainda não têm noção que existem.

Anúncios

2 thoughts on “Contagem decrescente para 2018

  1. Querida turista,
    Já tinha tantas saudades de um “postzinho” seu…
    Mas como nos brindou com este “superpost” com retrospectiva das suas viagens durante o ano, ilustrado com fotos das suas lindissimas árvores de natal e das magnificas bolas e outros adereços, (da minha parte) está desculpada por nos deixar assim “abandonad@s” durante tanto tempo 😉
    Tenha uma época festiva muito feliz e um ano de 2018 com muita saúde, alegria, sucessos, viagens… e também com alguns posts neste seu blog (nós @s seguidor@s agradecemos!)
    Um grande abraço cheio de carinho,
    Maria Nunes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s